Descubra a importância de ter um programa de Governança Corporativa

Joel Fernandes 16/02/2017
Joel Fernandes 16/02/2017

Primeiro vamos mostrar, para efei­to de contraste, como é uma empresa que não possui um sistema de gover­nança corporativa. É uma empresa que vive no escuro.

O empresário não controla suas receitas nem suas despesas. Com o mesmo talão de cheque, paga indis­criminadamente contas pessoais e dos fornecedores. Não sabe se está ganhando ou perdendo dinheiro. O saldo no caixa é seu único controle.

Um dia, descobre que mesmo que vendesse todo seu patrimônio não conseguiria pagar as dívidas acumu­ladas. O empresário trabalha muito, mas mistura vida pessoal com vida empresarial, papel de empregado com papel de dono, enfim, a empresa passa a ser uma expressão confusa do empresário. A possibilidade de fecha­mento precoce, numa empresa assim, é muito alta.

Em contraste, a governança cor­porativa visa à longevidade empresa­rial. Mas afinal, o que é governança corporativa? É um conjunto de práti­cas que tem por finalidade melhorar o processo de tomada de decisões na companhia, visando garantir a sua perenidade.

Eis cinco práticas mínimas para a implantação de uma go­vernança corporativa:

1.DISPOR DE RELATÓRIOS E SISTEMAS DE GESTÃO. A em­presa para sair do escuro e tomar boas decisões precisa organizar os seus números. Fazer os registros de suas vendas e suas despesas. Criar um demonstrativo de resultados (DRE), onde possa ver quão lucra­tiva é a operação, e que ajustes são necessários fazer para promover o crescimento continuado, com lucro adequado. Isso é algo simples de im­plementar, bastando boa vontade por parte do empresário.

2.REALIZAR REUNIÕES PERIÓ­DICAS. Criar em sua empresa um bom hábito: sexta-blue, dia de velo­cidade mínima e criatividade máxi­ma. Ao invés de tomar decisões no churrasco de domingo com a família, agendar toda a sexta-feira uma reu­nião com sua estrutura societária e/ ou equipe, para verificar o que foi fei­to no decorrer da semana que passou, quais resultados foram alcançados e se planejar para a próxima semana.

3.TER UM PLANO DE NEGÓ­CIOS. É necessário ter uma referên­cia para tomar decisões, e é isso que um bom plano de negócios oferece. Ele contém itens como: quem são os clientes que se pretende atender? Qual é o seu pacote de produtos e serviços e o valor que ele possui para os clientes? Como a empresa se co­munica e alcança seus clientes para entregar sua proposta de valor? Que tipos de relações a empresa estabele­ce com seus clientes para conquistá­-los e mantê-los? Um Plano de negó­cios serve tanto para empresas que vão entrar no mercado e precisam avaliar sua viabilidade, quanto para empresas que já estão operando, po­der verificar continuamente como o negócio está evoluindo.

4.DEFINIR PAPÉIS E RESPON­SABILIDADES. É muito comum nas empresas pequenas todo mundo trabalhar juntos e misturados, e o empresário ser “pau para toda obra”. Isso ocorre porque nessas empresas cada pessoa tem que dar conta do serviço de três. No entanto, mesmo nessas situações, aumenta-se em muito a eficiência e produtividade empresarial, quando estão definidos os papéis de cada um e se atribui suas respectivas responsabilidades.

5.CONSTITUIR UM CONSELHO ADMINISTRATIVO/CONSULTIVO COM MEMBROS INDEPENDEN­TES. O Conselho de Administração, na pequena empresa, simula o papel de investidores olhando o empreen­dimento como um instrumento do capital, onde foi feito um investimen­to que precisa retornar, multiplicado, o mais rápido possível. O dono da empresa deixa de ser dono absoluto e passa a receber orientações do Con­selho que o ajuda a tomar decisões. Esse é o segredo de algumas peque­nas empresas que prosperam conti­nuamente com lucro. Elas adotaram um Conselho de Administração.

Percebeu a importância de implan­tar um programa simples de gover­nança para sua pequena empresa? Isso vai trazer luz a você próprio, enquanto dono, como vai deixar sua empresa melhor posicionada para uma situação de venda, de investi­mentos ou tomada de crédito.

Pense grande! Adote uma boa go­vernança em sua empresa!

Se você tiver dificuldades, nós podemos lhe ajudar (contato@metododopresidente.com.br).

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.