Empreendedor 234 – Abril de 2014

abril2014

Ensino Superior – Um bom negócio para todos

Na graduação brasileira, a proporção de ingressantes para cada 10 mil habitantes, na maioria das áreas do conhecimento, é superior à média dos países da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). É o que revelam dados do mais recente Censo da Educação Superior (2012), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O total de alunos matriculados na educação superior brasileira ultrapassou a marca de 7 milhões em 2012, crescimento de 4,4% em relação ao no anterior – se considerado apenas o ensino a distância, o índice chega a 12,2%. Nas instituições públicas, o número de matrículas cresceu 7% entre 2011 e 2012. Apesar de apresentar um crescimento menor no período, de 3,5%, a rede particular é responsável por quase ¾ das matrículas.

O sistema de ensino superior brasileiro se encontra em forte expansão e não deve arrefecer tão cedo.

Um sinal disto é que o número total de ingressantes (2,75 milhões), que cresceu 17,1% entre 2011 e 2012, é quase três vezes superior ao de concluintes (1 milhão). Outro é que existem 7 milhões de estudantes do ensino superior, quantidade semelhante aos 7,1 milhões de inscritos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Na Edição Especial de abril, a Empreendedor trata do bom negócio que é a expansão do ensino superior brasileiro, que vive um momento de forte crescimento, fusões e aquisições. Grandes grupos vêm se consolidando e se expandindo até mesmo fora do País, como é o caso do Kroton, que começou em Minas Gerais como um cursinho pré-vestibular. Avaliamos também como essas instituições trabalham o empreendedorismo em suas salas de aula. Outro foco de atenção são os cursos de MBA, cada vez mais necessários para uma boa administração.

Assina a revista