Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Gestão: desafios diários da vida corporativa e pessoal

Por Rodrigo Geammal 19/08/2013
Por Rodrigo Geammal 19/08/2013

Caro(a) leitor(a), outro dia estava pensando e analisando sobre uma frase que ouço com bastante frequência: “Geammal, estou numa megacorreria!”. Esta frase é a mais famosa e a mais falada no dia a dia. Neste sentido, me pergunto: “Onde esta vida corrida vai dar?”

Muitas vezes me questiono no trânsito, quando estou horas parado no mesmo quarteirão: “O que será da nossa vida nas grandes metrópoles?” O que tenho certeza é que precisamos inovar e saber administrar o tempo. Não tenho desejo de passar a minha vida em reuniões e em trânsito para chegar em cima do horário nos compromissos. Ultimamente venho trabalhando novos formatos de comunicação com meus clientes, incentivando a realização de conferências. A tecnologia está aí para facilitar e otimizar o tempo. Por isso, as empresas precisam usar este recurso a favor. A nova geração tem mente aberta para mudar os tradicionais formatos de trabalho. Chegou a hora de colocar em prática, pois a vida é maravilhosa e bastante curta; portanto, precisa ser dosada e gerida de forma a aproveitar cada momento!

Sou sincero em afirmar que antigamente não pensava assim, mas com a chegada da minha linda filha Nina e o conhecimento de amigos da minha idade, que hoje enfrentam problemas sérios de saúde por causa do estresse relacionado ao trabalho, estou repensando em tudo! Será que vale a pena vivermos esta pressão todo dia para ser o melhor em tudo? As variáveis externas são cada vez mais desafiadoras e, para isso, precisamos ser corajosos para mudar nossos hábitos sem precisar abrir mão do sucesso na carreira e de oferecer excelentes resultados!

A vida corporativa ainda exige muitas outras qualidades do profissional e mesmo do empreendedor, tais como vivência internacional, capacidade de liderar equipes e outras qualidades inerentes a cada cargo. Tudo isso faz parte e deve ser levado em conta; no entanto, ainda vejo as pessoas infelizes nas empresas. Posso estar exagerando, mas claro que há exceções. Entretanto, a regra atual exige muita dedicação, viagens, capacidade, entre outras qualidades. Não é fácil se destacar e ganhar promoções. É preciso muita dedicação, que muitas vezes nos afasta das melhores experiências das nossas vidas. Vejo alguns dos meus amigos em encontros casuais que me falam que não acompanham o crescimento do filho, não têm tempo para um happy hour e pouco têm tempo para cuidar da saúde. Calma! Está tudo errado! Eu abro mão deste estilo de vida! Não sei nem qual é o prêmio que esse profissional visa conquistar, se é que há algum bom prêmio, mas não quero isso para minha vida.

E neste sentido convido você, meu querido leitor, para refletir junto comigo que podemos ser eficientes, gerar receita para cuidar da nossa família e levar uma vida social que não deixe feridas a serem curadas no futuro. Envie a sua ideia ou compartilhe a sua experiência que já está em prática para o meu e-mail. Será gratificante esta troca de relatos! Precisamos inovar! Precisamos convidar a nossa sociedade, líderes corporativos e todos os formadores de opinião para juntos construirmos um novo mundo no qual poderemos ter uma vida corporativa e pessoal equilibradas. Pequenas mudanças de comportamento serão fundamentais para o futuro do nosso planeta. Vamos evitar vários problemas atuais do nosso dia a dia que são consequências das ausências dos nossos pais em momentos importantes das nossas vidas.

As prioridades do mundo moderno mudam a cada hora e com isso temos que ser capazes de mudar os nossos hábitos para a construção de uma vida melhor! Trabalho não é sinônimo de tristeza e depressão! Muito pelo contrário: ele nos dá energia e motivação para nos sentirmos vivos e colaboradores pelas transformações das nossas vidas. Já diria minha querida avó Odete: “Cabeça vazia é sinônimo de doença”. E agora devo dizer que: “Cabeça cheia também é sinônimo de doença”. Precisamos equilibrar as nossas forças para melhorar a gestão do nosso dia a dia, seja na vida corporativa ou pessoal!

por Rodrigo Geammal, fundador e diretor-executivo da Elos Cross Marketing – agência de marketing e comunicação 360º graus, que tem o entretenimento e o esporte como conteúdos estratégicos. rodrigo@eloscrossmarketing.com.br www.eloscrossmarketing.com.br (11) 3432-2028

Autor

  • Rodrigo Geammal

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.