Plataforma de marketing local é aposta de varejistas para aumentar lucro

Uso de tecnologia ajudou empreendimento em Brasília a atrair 150 clientes e ampliar em 8% a receita em apenas um mês

Redação 26/05/2017
Redação 26/05/2017

As vendas no comércio tiveram mais um mês de retração. De acordo com a pesquisa mensal do IBGE, em fevereiro houve uma queda de 3,2% em relação ao mesmo período do ano passado e de 5,4% no acumulado em 12 meses. Depois do pior ano do varejo, desde 2001, é hora dos varejistas encontrarem novas soluções e retomarem o crescimento no setor. Foi a partir de uma plataforma inédita que um franqueado da rede de comida japonesa Koni, em Brasília (DF), conseguiu reverter, em um mês, a queda no faturamento, atrair mais de 150 clientes e gerar um aumento de 8% na receita.

Hélio Milward, dono dos dois restaurantes da capital federal, apostou na primeira plataforma de local store marketing (marketing local), criada pela empresa SumOne. O desafio inicial era engajar os clientes que já visitavam o estabelecimento, aumentando a frequência, além de atrair novos consumidores por meio de mídias orientadas pelas redes sociais e de busca. Tudo com um orçamento apertado. Para conseguir resultados rápidos, passou a contar com uma estratégia de alta eficiência e as ferramentas desenvolvidas pela SumOne. Ao final de três dias, além da receita, cerca de 70% daqueles novos consumidores acabaram se tornando clientes frequentes dos restaurantes, e o ciclo de compra médio diminuiu de 15 para 7,2 dias.

A crise afetou bastante o setor de food service nacional, com quedas anuais de até 20% no faturamento dos restaurantes. Segundo dados apresentados no painel de consumo da consultoria Nielsen, na feira da Associação Paulista de Supermercados, a Apas Show, 22% dos brasileiros compraram menos em 2016, mas mantiveram as marcas preferidas, e 7% reduziram alimentação fora de casa e lazer. “O cenário que se imaginava de um 2017 mais próspero foi rapidamente quebrado por um resultado em janeiro e fevereiro ainda pior do que nos anos anteriores. O remédio para enfrentar esse momento econômico é investir onde realmente o empreendedor consegue medir e sentir o resultado, como as ferramentas e mídias sociais, uma ação de marketing local e voltada ao consumidor da vizinhança”, explica o especialista em marketing e CEO da SumOne, Lucas Prim.

Feedback dos clientes

O monitoramento das informações dos consumidores em tempo real é outra medida que traz bons resultados aos varejistas. Márcio Stelato, fundador do T-Bone Steak & Burger, de Porto Velho (RO), ressalta a importância de possuir uma plataforma de relacionamento com os clientes e que levou ao aumento do ticket médio da loja em 55%, passando de R$ 29 para R$ 46. “Queríamos, primeiro, implementar um programa de fidelidade de fácil gestão, que tivesse um grande apelo para nossos consumidores, e abrir um novo canal de comunicação com eles, com feedbacks e divulgação das novidades e promoções, por exemplo. Inclusive, frequentemente encontro clientes que me dizem que o Bonuz foi uma ótima ideia e que passaram a frequentar o T-Bone mais vezes após a implantação das ferramentas”, explica.

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.