Unidade em funcionamento pode ser boa opção para quem deseja negócio próprio

No franchising, a grande vantagem é que o empreendedor conta com o apoio de uma marca já reconhecida no mercado, além de todo o suporte da rede franqueadora

Redação 17/07/2017
Redação 17/07/2017

“Passa-se o ponto”. O repasse de estabelecimentos é muito comum no universo dos negócios. Além da cartela de clientes, o novo proprietário contará com a credibilidade deixada pelo anterior para auxiliá-lo nesta etapa. Com as franquias, o método é bem parecido. O sistema acontece quando o interessado compra a unidade já em funcionamento. E a grande vantagem deste modelo é que o empreendedor conta com o apoio de uma marca já reconhecida no mercado, além de todo o suporte da rede franqueadora.

Mesmo com as dificuldades econômicas enfrentadas pelo país nos últimos tempos, o setor de franquias continua em expansão, obtendo crescimento de 7,9% no primeiro trimestre deste ano, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF). As franquias de educação e treinamento demonstraram crescimento de 8,7% em faturamento no ano de 2015, mostrando-se na contramão da crise. E para quem deseja entrar nesse segmento, uma das opções é investir em franquias de repasse.

A principal dificuldade para quem pretende passar para frente é passar confiança. Empreendedores têm receio de adquirir essas unidades por suspeitarem que, se alguém está vendendo, é porque existe algum problema. Porém, para a empresária Luciana Fernandes, franqueada da Prepara Cursos Itaguaí, a história terminou em sucesso. Ao encarar o desafio de reerguer um negócio com má reputação na região, ela conseguiu em três meses de trabalho alcançar o faturamento de R$ 100 mil, valor jamais conquistado na cidade do Rio de Janeiro. “Quando comprei essa franquia, ela tinha alguns problemas que vinham da má gestão do dono anterior, mas, com a equipe certa e a adequação de alguns processos, conseguimos hoje triplicar o número de alunos e a receita financeira”, afirma Luciana.

 

 

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.