Games educativos ganham espaço no segmento de entretenimento infantil

Só em 2017 a Playmove, startup responsável pelo desenvolvimento da mesa digital interativa PlayTable, registrou aumento de 70% nas vendas

Redação 17/08/2017
Redação 17/08/2017

Pais cada vez mais preocupados com ambientes oferecidos aos filhos criaram no setor de entretenimento um desafio: o que oferecer para garantir a atração das crianças e dos responsáveis, cada vez mais atentos a qualidade de brinquedos e jogos? Com esta visão, o uso de games voltados à educação está crescendo tanto em parques e ambientes exclusivos para crianças como em restaurantes ou empresas que investem em espaço kids.

Essa foi a percepção da Playmove, startup que criou a PlayTable, mesa digital interativa multidisciplinar. São dezenas de games educativos, desenvolvidos de acordo com a grade curricular brasileira, com diferenciais que apoiam no desenvolvimento motor e cognitivo. Mais do que sala de aula, o produto tem conquistado também ambientes comerciais. Só em 2017, durante a Expo Parques e Festas, principal feira do segmento, a venda das mesas para empresários do setor cresceu 70%.

Marlon Souza, CEO da Playmove, avalia que a preocupação em oferecer produtos diferenciados e a busca por investimentos com custo-benefício de longo prazo são motivações para a escolha da PlayTable. “A nossa mesa, além e ter formato anatômico e tela super resistente, funciona como um console. O empresário pode manter o portfólio de jogos sempre atualizado, optando por novidades periodicamente. Além disso, não precisa contar com um grande espaço ou uma mega estrutura para comportar o brinquedo”, diz.

Entre as empresas que já contam com a PlayTable em seus espaços kids, se destaquem a locadora de veículos Movida e parques infantis como Buga Park (SC), Kidbeeruta (SP), Animasom (RJ) eGonden Kids (RS).

Exportação
Além do crescimento no setor de entretenimento, a PlayTable também começa a ganhar espaço fora do Brasil. Em 2017, a startup iniciou exportação para os Estados Unidos, Europa e países árabes. O processo de expansão foi apoiado pela participação na área de inovação da Feira Internacional de Brinquedos de Nuremberg (Spielwarenmesse), na Alemanha, no início do ano. O produto foi o único brasileiro a ser apresentado no espaço da maior feira do segmento no mundo.

Sobre a PlayTable
Criada para aliar tecnologia, educação e diversão, a PlayTable é uma mesa digital, interativa e multidisciplinar que pode ser utilizada por crianças a partir dos três anos de idade. Os jogos são criados a partir das matrizes curriculares e desenvolvem habilidades cognitivas e de coordenação motora, além de conteúdos como alfabetização, matemática, ciências, artes, história, entre outros.

A estrutura é segura e simples, o que permite que as próprias crianças façam o uso do equipamento sem a necessidade da intervenção de adultos. Graças à tecnologia empregada no produto, ele é recomendado para utilização em programas de inclusão com crianças com dificuldades psíquicas e motoras.

Sobre a Playmove
Criada em 2013 em Blumenau (SC), a startup Playmove nasceu a partir da união de dois empreendedores das áreas de tecnologia e brinquedos educativos. O negócio deu origem a primeira mesa digital com jogos educativos do Brasil, a PlayTable. Foram três anos de pesquisa até que o dispositivo chegasse ao mercado. Em 2016 a startup recebeu menção honrosa na categoria Negócio de Impacto Social do Prêmio Empreendedor de Sucesso

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.