Padaria Pet aposta em comida saudável e lança gelatina diet para cães

A rede de franquias prevê crescer 100% esse ano movida pelo setor de comida saudável para animais, além da na linha de petiscaria e na ração vegana

Redação 13/09/2017
Redação 13/09/2017

A Padaria Pet, franquia especializada em petiscaria e confeitaria para cães e gatos, da Somagroup, lança gelatina diet para cães, desenvolvida à base de amido de milho, gelatina em pó, urucum, palatabilizante de fígado e erva doce, hortelã, camomila ou capim cidreira. O produto fortalece as articulações e músculos, bem como evita o surgimento de problemas ósseos.

A camomila ajuda na má digestão, acalma e relaxa, auxiliando na redução do estresse e ansiedade no animal. Já o capim cidreira tem propriedades medicinais, com efeito calmante analgésico, antibactericida, diurético, digestivo, expectorante e desintoxicante. A erva doce é rica em fibras, antioxidantes, flavonoides, ajudando a diminuir o colesterol e gorduras acumuladas no organismo e a erva hortelã, uma planta de uso fitoterápico, que alivia dores no estômago, mau hálito, entre outros.

Atualmente, a linha de petiscos representa cerca de 45% do faturamento da empresa, a confeitaria 20%, a linha natural 20% e a cerveja e suco para cachorro 15%. Para esse ano, a previsão é crescer mais 100% e abrir 10 unidades franqueadas até abril de 2018 e mais de 100 licenciados. A primeira rede que será aberta fora do Estado de São Paulo será na cidade de Vila Velha, no Espírito Santo no segundo semestre.

Com isso, a empresa espera fisgar proprietários de pet shops, lojistas, distribuidores e atacadistas para divulgar o modelo de franquia e as formas de licenciamento da marca. “É um mercado fascinante e que ganha cada vez mais importância na economia, já que os cachorros se tornaram membros da família e os estabelecimentos precisam conhecer as novidades para atender essa demanda crescente”, diz Rodrigo Chen, um dos fundadores da Padaria Pet, ao lado do irmão Ricardo.

Segundo dados da Ambipet – Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, o pet food (comida para animais) é o principal segmento da indústria nacional, sendo responsável por 67,6% do faturamento total. Já o pet serv (serviços), representou 16,4%, pet care(equipamentos, acessórios, produtos de higiene e beleza), com 8,2% e o pet vet (medicamentos) teve 7,8%.

Produtos

A empresa oferece linhas de produtos como cerveja e sucos para cães, linha de baleiros e petiscaria, ração vegana, docinhos, sorvetes, gelatinas, bolos de caneca para micro-ondas, hambúrguer, cookies, bolos de aniversário, muffins, waffers e a linha natural para animais diabéticos, com problema renal ou obesidade.

De acordo com estatísticas do IBGE, estima-se que no Brasil tenha mais de 132 milhões de animais de estimação, sendo 52 milhões de cães, 38 milhões de aves, 22 milhões felinos e 18 milhões de peixes nos lares brasileiros. “As pessoas estão deixando de ter filhos para ter um bichinho em casa. O número de cães já supera o número de crianças até 12 anos”, destaca Chen.

Sobre a Padaria Pet

Além das linhas de confeitaria e petiscaria, a franquia oferece um espaço para serviços de buffet e festas de aniversários, banho e tosa, galeria de arte, judô para cachorro, cinema e boutique para venda de acessórios. A fábrica é registrada no Ministério da Agricultura e os produtos desenvolvidos por Universidades e Doutores em Nutrição Animal. A ideia surgiu quando os empreendedores viajaram aos Estados Unidos em 2010, e se depararam com o conceito de padaria para cachorro, estabelecimentos que aceitam a presença de animais de estimação. Em 2015, abriram a primeira loja em Pinheiros (hoje franqueada) e, meses depois, inauguraram a segunda, na rua Oscar Freire, na capital paulista.

 

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.