A gestão total da Senior

Na trajetória de 30 anos completados, a empresa sempre criou e inovou em soluções tecnológicas para a gestão de pessoas e de empresas

Marlon Assef 08/05/2018
Marlon Assef 08/05/2018

Referência nacional em tecnologia para gestão, a Senior completa 30 anos de mercado como uma das maiores empresas de desenvolvimento de softwares do País. Certificada como Great Place to Work® 2018, empresa mundial cediada nos EUA, a Senior sempre acreditou na inovação, na colaboração, no conhecimento e na diversidade de talentos.

Em maio de 1988, quando surgiu a Senior, em Blumenau (SC), ninguém poderia estabelecer com clareza a realidade que o Brasil viveria três décadas depois, com a crescente e inevitável informatização dos meios de produção e o impacto da tecnologia na vida cotidiana de toda a sociedade. Era o início de uma empresa que com o passar dos anos se tornaria uma referência nacional em tecnologia para gestão de empresas públicas e privadas.

A empresa soube desde o início capitalizar o momento histórico exigia, com a transição dos processos gerenciais e da mudança dos modelos de negócios.
“A Senior recebeu esse nome para mostrar que já nascia como uma empresa madura, séria, e efetivamente assim somos em vários sentidos, da tecnologia ao desenvolvimento de sistemas”, relembra o sócio-fundador Jorge Cenci, que junto aos outros dois sócios fundadores, Guido Heinzen e Nésio Gilberto Roskowski, faz parte atualmente do Conselho Administrativo da empresa.

Segundo Jorge Cenci, a prestação de serviços altamente eficiente, que sempre priorizou o cliente e suas demandas, somada a um trabalho minucioso na prospecção de canais de distribuição, permitiu a companhia chegar aos quatro cantos do país e assim alicerçar o crescimento sólido nesse período.
Jorge Cenci avalia que a gestão criada dentro da própria Senior, o espírito de inovação e a estratégia de levar soluções tecnológicas na medida certa para cada cliente são as razões do crescimento e do sucesso da empresa em três décadas. “Nosso foco sempre foi o cliente. Levamos a solução em gestão e a tecnologia que o cliente precisa para gerir seu negócio de forma fácil e eficiente”, explica.

Na estrada percorrida pela Senior, os sistemas foram se modernizando, integrando-se às demandas do mercado, em uma evolução ininterrupta da arquitetura de hardware e softwares, que desagua hoje no advento da nuvem (cloud computing) e as novas possibilidades abertas para a gestão, como a inteligência artificial, design thinking e machine learning – tendências tecnológicas que promovem verdadeiras experiências aos usuários.

Com um modelo exemplar de sucessão, apoiado por uma governança muito bem implementada e seguida à risca por seus gestores, a Senior hoje tem como CEO o executivo Carlênio Castelo Branco. À frente da companhia há quase seis anos, Castelo Branco tem forte foco em resultado, sempre acreditando nas pessoas. “Acreditamos nas pessoas, na inovação, na colaboração e no conhecimento. A qualidade de nossas soluções é resultado da qualidade dos profissionais que fazem parte do nosso time. Por isso, a Senior está atenta aos talentos que ousam, buscam desafios e dominam novas áreas de conhecimento”, afirma.

Atualmente a empresa oferece um dos mais completos portfólios para alta performance em soluções para gestão empresarial, logística para supermercados, gestão de pessoas, relacionamento com clientes e gestão de acesso e segurança. São mais de 100 mil contratos ativos com empresas de diversos portes e segmentos espalhadas pelo país.

O crescimento dos serviços oferecidos pela empresa, como as consultorias, sistemas integrados de apoio a otimização de processos e modelos de negócios, focados em crescimento de produtividade e inovação obtiveram um resultado crescente nos últimos anos.

Só em 2017, a receita bruta acumulada alcançou um crescimento de 11% em relação ao período anterior, somando R$ 283,4 milhões, superando o dobro da receita registrada há menos de quatro anos. Nos últimos anos, cerca de 500 novos clientes acessaram as soluções da empresa, com destaque para o crescimento das soluções para áreas como Gestão de Pessoas | HCM, com crescimento de 13%; Gestão Empresarial | ERP, que aumentou em 12% as vendas e principalmente serviços de cloud computing, que cresceram 92% em um ano, além da solução de Gestão de Relacionamento | CRM que obteve um acréscimo de 103% na receita de 2017 comparada ao ano anterior.

De acordo com Carlênio Castelo Branco, CEO da Senior, a prioridade no momento em que a empresa consolida três décadas de uma atuação exitosa no mercado nacional será focar ainda mais nos clientes e nas soluções que levarem ao aumento da produtividade e da competitividade, através da busca pela transformação digital dos negócios providos pela empresa. Para o executivo, o caminho percorrido até aqui pela Senior deve ser ampliado na busca de mais soluções que unam meios de colaboração e produtividade.

Nos últimos 12 meses, a companhia avançou ainda mais com a aquisição de duas novas empresas, a Gôndola Sistemas, especializada na gestão de supermercados, e a Prodama, dirigida ao agronegócio. As duas aquisições fecham um pacote que soma investimentos em 10 empresas desde 2001, complementando o portfólio de aquisições em segmentos que são fundamentais para o crescimento do faturamento nos últimos anos.

A Senior ampliou, nos últimos meses, uma série de novos aportes, como na SocialBase, negócio de base tecnológica focado no desenvolvimento de soluções de Rede Social Corporativa, que agora passa a fazer parte do portfólio da empresa. A empresa lançou também uma plataforma destinada a democratizar o uso das informações em todos os níveis das organizações, batizada de senior X.
A nova plataforma, que em última instância visa potencializar a experiência do usuário, foi adotada como base para todos os produtos da empresa, promovendo mais eficiência e competitividade, através da integração de todas as soluções em uma única plataforma.

Entre as seis grandes áreas de soluções oferecidas pela empresa, o setor de logística, em especial, promete um crescimento substancial para este ano, alavancado pelas vendas em torno da Copa do Mundo e do crescimento do e-commerce brasileiro, que deve alcançar em 2018 um faturamento de R$ 53,5 bilhões, de acordo com dados divulgados pela Ebit. Dentro dessa expressiva performance do setor, nada menos que 40% das vendas online realizadas no país passam pelos sistemas desenvolvidos pela Senior.

Grandes empresas do varejo, como a InBrands, Magazine Luiza, Netshoes, Ricardo Eletro, Centauro, Carrefour e Fastshop se utilizam dos sistemas WMS desenvolvidos na empresa. Graças a essa solução as rotinas de venda e entrega de produtos, e tudo o que envolve essa complexa logística podem atingir um aumento de até 25% em produtividade. A complexidade da operação envolve uma série de itens que devem ser efetivados, que vão da venda e o direcionamento no site até a coleta e entrega de mercadorias, com uma expedição integrada e segura.

E se no varejo os ventos para inovação são promissores, o agronegócio destaca-se como outro segmento fortemente impactado nos últimos anos pelas soluções integradas que agregam menos desperdício e ganho de produtividade através de softwares de gestão. Nesse sentido, a empresa recebeu, em 2017, o grande prêmio da categoria Watson IoT, do IBM Award, uma das mais importantes premiações mundiais de tecnologia, devido à impactante atuação no segmento. A solução premiada foi implementada na planta de Jaraguá do Sul (SC), da Urbano Agroindustrial, uma das maiores empresas de alimentos do país, que atua no beneficiamento de arroz e feijão.

O projeto, inovador desde a concepção, envolveu a automatização dos processos por meio do uso de Internet das Coisas (IoT) e computação cognitiva, através da instalação dentro do silo de beneficiamento, de emissores baseados em LED e receptores óticos, que capturam o volume de grãos armazenados e enviam as informações em tempo real para o sistema, acessado por computador ou smartphone. A partir de comandos de voz ou texto é possível acessar informações analíticas geradas pela plataforma sobre os silos. O gerenciamento de informações é realizado na nuvem e completa uma performance conhecida como cognição incorporada (embodied cognition), que consiste em conferir capacidade cognitiva a objetos, em uma combinação de IoT e computação cognitiva.

O projeto foi desenvolvido em um modelo de cocriação, uma forma de inovação que une colaboradores, clientes e fornecedores, agregando valor, conhecimento e experiência ao projeto final. Dessa forma, a equipe de Pesquisa Aplicada da Senior visitou a linha de produção da Urbano Agroindustrial para entender in loco a demanda e propor uma solução dentro de parâmetros estabelecidos. A abordagem propiciou que profissionais com grande conhecimento em tecnologia e do agronegócio trabalhassem juntos criando a solução pioneira que veio revolucionar o processo original de controle e monitoramento do volume de grãos de arroz dentro do silo.

Entre os benefícios alcançados destacam-se a confiabilidade e rapidez de informações em tempo real, além do impacto na programação semanal de produção e a redução significativa de acidentes de trabalho nos locais de armazenamento. Com o sucesso da solução premiada pelo IBM Beacon Award, a urbano deve incorporar o procedimento nos demais silos da companhia, nas plantas de Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul e Pernambuco.

De olho no futuro, a Senior acompanha a evolução de novas ferramentas que utilizam, por exemplos, o big data (avaliação dados e informações com foco em negócios) e a inteligência artificial (uso de robôs).

 

Linha do Tempo


1988

O sistema de processamento de folhas de pagamento marca a entrada da Senior no mercado. Criada por Guido Heinzen, a empresa ganha corpo com Nésio Roskowski, que incorpora tendências e ajuda a ampliar o leque de possibilidades do negócio.

1990
Com 36 clientes, a empresa lança o sistema de ponto eletrônico – que atrai a atenção de grandes empresas e se torna uma verdadeira vitrine para a Senior. No mesmo ano, Jorge Cenci se une aos demais sócios, assume a comercialização e traz um novo ritmo à empresa.

1995
Com mais de 720 clientes ativos e com os sistemas de folhas de pagamento e ponto eletrônico consolidados, a Senior antecipa-se ao mercado e lança um ERP, o primeiro da empresa a ser executado em Windows.

2000
Com o quadro de colaboradores duplicado em 5 anos, a Senior entra no segmento de segurança patrimonial e passa também a oferecer projetos de infraestrutura.

2005
Com o fundador Jorge Cenci na presidência desde 2003, a Senior já conta com 370 colaboradores diretos e 60 distribuidores. Conquista o Top of Mind de RH.

2010
Inicia a estratégia de expansão de filiais. Entra no Sudeste com a inauguração da filial na capital paulista e, no ano seguinte inaugura filiais no MS e no RS.

2015
Em uma fase de amplo crescimento, a empresa inaugura, em 2012, uma nova sede com 12 mil m2 e comemora o marco de 1.000 colaboradores, além de cerca de 100 canais de distribuição e 1.300 consultores credenciados. No mesmo ano, Jorge Cenci sai da operação e o executivo Carlênio Castelo Branco assume a presidência da companhia; é inaugurada uma nova filial em PE e, no ano seguinte, surgem novas filiais no RJ e no interior de SP.
Em 2013, nasce a Head Tecnologia, empresa especializada no desenvolvimento e execução de projetos de segurança e automação predial.
Em 2014, a Sythex, empresa especializada em software para logística, é adquirida e, no ano seguinte, outra empresa de logística, a SOFtran.
Em 2016, 3 aquisições marcam o ano da Senior: WorkLabs, (Gestão de Supermercados | CRM), o canal de distribuição de Minas Gerais, que origina a Filial Senior Minas, e a operação entre a companhia e o canal de distribuição Somos, que inaugura um escritório comercial na cidade de Caxias, no RS.
Em 2017, a empresa Gôndola Sistemas é adquirida. No mesmo ano, passa a oferecer soluções em redes sociais corporativas. Ainda em 2017, compra a Prodama e reforça o agronegócio.
Em 2018, o ano começa com a conquista da certificação Great Place to Work.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.