Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Academias de ginástica cerebral crescem no Brasil e novidade já entrou para o sistema de franchising

redacao 04/02/2011
redacao 04/02/2011

Primeira empresa do ramo no Brasil se tornou franquia e já tem uma rede de 42 unidades instaladas em 12 estados e no Distrito Federal

Academias de ginástica para o corpo não são novidade nenhuma no Brasil e nos países vizinhos. Já as escolas ou academias de ginástica cerebral são tema bastante novo e provavelmente desconhecido para a maioria das pessoas. Esse é o segmento das academias destinadas às pessoas que desejam ou precisam exercitar a mente.

A primeira escola de curso livre da América Latina, especializada em ginástica para desenvolver as atividades cerebrais, foi fundada em novembro de 2005 e está sediada em São José dos Campos (SP). No inpicio de 2006, a Supera Ginástica para o Cérebro tornou-se franquia e atualmente possui 42 unidades em 12 estados e no Distrito Federal.

A escola e o método foram iniciativas do engenheiro aeronáutico Antônio Carlos Guarini Perpétuo, que contou com o apoio de uma equipe de professores e pedagogos. “Supera vem da idéia de superar a si próprio. Hoje, sabe-se que a fronteira dos limites pessoais está na mente”, afirma Perpétuo.

Benefícios

O método da Supera está baseado no ábaco, instrumento milenar para fazer cálculos, provavelmente originado na Mesopotâmia. Ele é muito utilizado para ensinar crianças a somar e subtrair. Os resultados obtidos com o método Supera são aumento da concentração, da criatividade, do raciocínio lógico, perseverança e autoestima, entre outros aspectos, segundo o proprietário do curso.

Entre os alunos, há pessoas com sequelas de acidentes, estudantes com problemas de rendimento escolar, vestibulandos, idosos com dificuldades de memória, atletas, pilotos de avião e Fórmula 3, entre outros.

“Para estimular o cérebro é preciso tirá-lo da sua zona de conforto. Ele precisa de novidade, variedade e grau de dificuldade crescente nas atividades para continuar se desenvolvendo”, explica Perpétuo.

Segundo ele, os benefícios do método começam a ser observados nas primeiras semanas do curso. As aulas são semanais e em grupos, duram duas horas e se baseiam em jogos presenciais. “Não é utilizado computador”, avisa Perpétuo. A faixa etária dos alunos da Supera vai dos 5 aos 94 anos. O curso tem duração, em média, de 18 meses. A mensalidade é semelhante à de uma escola de inglês, em torno de R$ 179.

Oportunidade

De acordo com Perpétuo, trata-se de um mercado está em franca expansão nos Estados Unidos e nos países desenvolvidos. No ano passado, esse segmento faturou US$ 265 milhões.

O investimento na franquia da Supera Ginástica para o Cérebro varia entre R$ 80 mil a R$ 100 mil. Para ser franqueado, é preciso ter afinidade com a área de educação. Um curso de duas semanas é ministrado aos empresários aprovados a se tornar franqueados da marca. Depois, o apoio continua via web.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.