Agronegócio deve se beneficiar com a Copa do Mundo

redacao 02/03/2012
redacao 02/03/2012

Expectativa é que aumente a demanda por alimentos em locais onde será realizado o evento, como no Distrito Federal

O agronegócio é um dos principais motores da economia brasileira. Recente pesquisa da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA) aponta que 67% dos empresários ligados ao setor esperam um desempenho melhor em 2012. No Distrito Federal, o cenário não é diferente – a atividade ganha cada vez mais força e deve ser um dos destaques nos próximos anos.

Com a aproximação da Copa do Mundo, bares, restaurantes e demais estabelecimentos comerciais aumentarão a demanda por alimentos. De acordo com Thiago de Melo, gestor do programa Agronegócios Sebrae 2014 do Sebrae no Distrito Federal, essa é apenas uma das muitas oportunidades geradas pelo evento. “É evidente que será necessário aumentar a produção. Mas, é preciso mais do que aumentar a quantidade. Queremos qualificar os empresários para conseguir realizar esse trabalho de forma sustentável e lucrativa”, diz.

Thiago explica ainda sobre a importância de conseguir uma convergência entre o turismo e o agronegócio. “Essa sinergia será vital para o sucesso não só do evento, mas das empresas envolvidas no abastecimento dos bares e restaurantes que receberão milhares de pessoas na época da Copa”, conta.

Outros projetos, como o Territórios da Cidadania, o PAIS (Produção Agroecológica Integrada e Sustentável) e a Suinocultura também ajudarão a promover o empreendedorismo no setor da agricultura no Distrito Federal.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.