Alta de índices reforça aposta em elevação da Selic

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

O salto da inflação registrado em março por dois índices de preços divulgados ontem deverá ser mais um argumento usado pelo Banco Central (BC) para elevar a taxa de juros Selic na reunião da próxima semana, avaliam economistas ouvidos pela reportagem. Eles também prevêem que os índices de inflação deverão continuar pressionados para cima neste segundo trimestre. O IGP-DI, que havia encerrado fevereiro com alta de 0,38%, quase que dobrou e subiu para 0,70% no mês passado. O Índice do Custo de Vida do Dieese aumentou 0,45% em março, após registrar deflação de 0,03% no mês anterior.

Esses dois índices são uma fotografia atrasada do auge da elevação das cotações das commodities que ocorreu em janeiro e fevereiro no mercado internacional, afirma o diretor da RC Consultores, Fábio Silveira. Além das commodities, o economista destaca a pressão de alta dos preços dos serviços, impulsionados pela massa de salários, como outro grupo responsável pela disparada dos índices em março.

Com projeções de que o IPCA, o índice oficial de inflação, atinja 0,40% e março e suba para 0,55% em abril, Silveira espera que tanto as commodities como os serviços continuem puxando a inflação para cima no segundo trimestre. Algum alívio nos preços das commodities poderá ocorrer a partir de junho. A tendência de alta dos preços dos serviços não deve mudar de direção tão cedo.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.