Analista de suporte técnico é um dos profissionais técnicos mais procurados pelas empresas

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

Profissional que gosta de acompanhar os avanços tecnológicos e está disposto a enfrentar os desafios impostos pelas inovações. Tem como competências comportamentais predominantes a disciplina, o senso de organização, a visão sistêmica e o foco em resultados. Esse é o Analista de Suporte Técnico, profissão que vem crescendo exponencialmente nos últimos anos, especialmente após a informatização generalizada nas empresas.

A S.O.S Educação Profissional oferece o curso profissionalizante com opção em duas especializações. O Analista de Suporte Técnico com ênfase em hardware é o profissional com conhecimento para montar e configurar um computador e fazer sua manutenção, além de montagem de redes. O Analista de Suporte Técnico com ênfase em periféricos é um especialista em manutenção de impressoras e monitores, conhecendo eletrônica básica.

Este profissional, segundo pesquisa do site Curriculum.com.br, maior base de armazenamento e administração de currículos da Internet brasileira, pode ganhar, em média, de 800 a 2.800 reais. Se o analista for bilíngüe, por exemplo, o salário é 27% superior ao que só domine a língua portuguesa. Na base cadastral da Curriculum.com.br, 44% dos profissionais desta área têm nível superior incompleto, contra apenas 28% com superior completo, o que demonstra que os cursos profissionalizantes ganham a preferência dos estudantes de algumas áreas.

O Analista de Suporte Técnico é um especialista constantemente envolvido com novas tecnologias. Cuida da manutenção da estrutura física de computadores (conserto de equipamentos, inventários de máquinas, distribuição adequada das máquinas de acordo com a demanda); da manutenção da estrutura de rede local de computadores (planejamento, instalação e manutenção); da manutenção de sistemas operacionais (instalação de sistemas operacionais – clientes e servidores, instalação de softwares de uso na empresa, configuração de serviços).

Na S.O.S, o aluno se torna um especialista. Este profissional pode atuar em empresas de qualquer segmento de mercado, trabalhando por conta própria ou prestando serviços para empresas especializadas em suporte.

Segundo Roberto Massinelli Jr., gerente de Marketing do Grupo S.O.S, o profissional desta área é muito requisitado:

*A terceirização nesta área está em constante crescimento, já que as empresas preferem focalizar as questões relacionadas ao core business da corporação*, explica Roberto.

O aluno do curso de Analista de Suporte Técnico com ênfase em hardware terá os módulos de montagem, manutenção e redes de computador. Aprenderá a montar, configurar, realizar manutenção preventiva ou corretiva em qualquer computador, e instalar softwares por meio de upgrades.

Já o aluno do curso de Analista de Suporte Técnico com ênfase em periféricos terá os módulos de eletrônica básica, manutenção de monitores e de impressoras. Aprenderá noções de eletrônica para identificar e efetuar manutenção de componentes encontrados em monitores e impressoras. Este curso também ensinará a prevenir e identificar problemas, desmontar os equipamentos e fazer reparos quando necessário.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.