Área plantada de milho deve crescer 15,3% no Paraná

redacao 06/09/2011
redacao 06/09/2011

Impulsionada pela demanda aquecida no exterior e no Brasil e pelos elevados patamares de preços, a área plantada de milho deverá crescer 15,3% no Paraná na próxima safra de verão (2011/12). O plantio começará a ganhar fôlego em outubro no Estado. Segundo estimativa divulgada hoje pelo Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura do Estado, os produtores paranaenses deverão semear 882 mil hectares, ante 765 mil no ciclo anterior. O Deral projeta que a produção do cereal alcançará 6,86 milhões de toneladas, um crescimento de 14%.

A previsão de crescimento da área paranaense de milho significa uma mudança na tendência de queda da área plantada durante a chamada safra de verão. Nos últimos anos, o Paraná, principal produtor nacional de milho, vinha reduzindo a área plantada durante a primeira safra, deixando para plantar o grão na segunda safra.

Apesar do considerável incremento, a soja continuará sendo a principal cultura de verão no Estado em 2011/12. Mesmo com previsão de queda, a área plantada com a oleaginosa deverá representar 78% da área total prevista para os grãos de verão no Paraná. De acordo com o Deral, a soja ocupará 4,43 milhões de hectares, ante os 4,48 milhões em 2010/11. A colheita deverá atingir 14,15 milhões de toneladas, queda de 7,6%.

A área plantada de feijão também será reduzida, de 345 mil hectares na primeira safra — ou “safra das águas” — para 303 mil em 2011/12, uma queda de 12,2%. A produção de feijão, por sua vez, deverá diminuir 5%, atingindo o volume de 504,6 mil toneladas, contra 533,5 mil em 2010/11.
 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.