Atendimento diferenciado para crescer no ramo de fotografia e design

Redação 04/08/2017
Redação 04/08/2017

James Passos (39 anos) acumulou experiência, mudou de cidade e se tornou empreendedor no ramo de fotografia e design. Confira a trajetória contada pelo próprio James, em conteúdo compartilhado pelo canal colaborativo Eu, Empreendedor:

Desde o início da faculdade de publicidade e propaganda em 1996, na FURB, em Blumenau, minha cidade natal, já trabalhava com artes gráficas. Passei por algumas empresas, fui somando ao meu CPF o melhor de cada CNPJ. Mudei de cidade em 2003 e montei no final do mesmo ano um estúdio de fotografia e design em Balneário Camboriú (SC), com Danielle Sedlacek (36 anos), minha esposa e sócia, também formada na mesma faculdade.

Hoje com a Dee House atendemos o mercado de hotelaria, arquitetura, mobiliário, gastronomia. O dia a dia do estúdio mistura nossas vidas pessoais e profissionais, já que temos um estrutura enxuta e trabalhamos em nossa casa. Costumamos dizer que não aumentamos a marca do cliente, e sim expandimos o negócio dele, contradizendo a expressão que o cliente gosta de se meter na arte da agência.

Comparamos nosso estúdio a um bistrô, onde o chef vai até a mesa, conversa com o cliente, e não a um restaurante, onde o cliente nem sabe quem fez a comida. Evitamos o telefone sem fio do atendimento, planejamento ou mídia. Nosso cliente conversa direto com quem cria, assim que conquistamos o mercado. A expansão do negócio é sempre em qualidade intelectual e não em mais funcionários.


Participe do Eu, Empreendedor. Clique no link www.empreendedor.com.br/participe e compartilhe sua história.

Veja mais sobre Eu, Empreendedor.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.