Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Aumento da formalização de atividades ligadas ao carnaval foi de 272%

A cidade com o maior crescimento no número de microempreendedores individuais nesse período foi o Rio de Janeiro

Redação 24/02/2017
Redação 24/02/2017

A formalização de microempreendedores individuais (MEI) que atuam em atividades ligadas ao carnaval teve um incremento de 272%, nos últimos cinco anos. O número de formalizados passou de 33,8 mil, em 2011, para quase 126 mil no ano passado, de acordo com levantamento feito pelo  Sebrae.

Para fazer o levantamento, a instituição analisou o número de novos microempreendedores individuais em dez atividades, nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Recife. Entre os segmentos analisados estão o de aluguel de palcos, produção musical, tratamento de beleza, confecções de roupas e sapatos especiais e os ligados à alimentação.

 “As escolas de sambas, os blocos e a própria prefeitura dão prioridade de contratação para quem tem um CNPJ. Com isso, a formalização se faz necessária para atender as demandas desses clientes durante e depois do carnaval”, afirma o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

 A capital fluminense foi a que teve o maior incremento no período analisado. O número de formalizações cresceu 336%. Já o ritmo acelerado do samba paulista promoveu um crescimento de 286%.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.