Banheiro de bolso economiza água e reduz impactos ambientais

O Número 1 apresenta-se como solução para quem teme enfrentar banheiros químicos ou expor os filhos a contaminações

Redação 06/07/2018
Redação 06/07/2018

Fazer algo pelo meio ambiente, que verdadeiramente colabore com a sustentabilidade e o futuro do mundo e das pessoas. Foi com esse objetivo – e também por uma necessidade própria, a de poder ir ao banheiro em locais públicos sem ter que usar banheiros químicos, que o empresário catarinense Flávio Boabaid teve a ideia de desenvolver uma solução com características de privacidade, higiene, praticidade e que fosse ecologicamente correto. Assim surgiu o Número 1 – Banheiro de Bolso Sustentável.

Com a solução, homens e mulheres de todas as idades podem urinar em qualquer lugar que ofereça um mínimo de privacidade. O produto tem o formato de um envelope de 17 X 17 cm e abre como uma carteira. É composto internamente por uma manta de celulose reciclada – que proporciona absorção de até um litro de urina em poucos segundos, livre de odores. É envolto externamente por uma embalagem de plástico reciclado e biodegradável, podendo ser descartado no lixo convencional.

“Esse plástico é tratado com um novo aditivo, uma resina especial, que o transforma em biomassa, H2O e Co2 em apenas 24 meses, sendo totalmente absorvido pelo meio ambiente sem resíduos tóxicos na sua decomposição”, explica Flavio Boabaid, idealizador da solução.

O empreendedor explica que “O Banheiro do Futuro”, como foi designado pelo Sinaenco – Sindicato Nacional dos Arquitetos e Engenheiros, “é excelente para o meio ambiente, pois economiza água – dispensa a instalação hidráulica e rede de esgoto, assim não há necessidade de descarga das privadas e nem torneira para lavar as mãos, que são higienizadas com álcool gel, gerando uma economia de até 30 litros de água a cada usuário”.

Além disso, o resíduo, que não tem odor, pode ser destinado para aterro sanitário, compostagem, como adubo orgânico ou na produção de biogás. “Estamos estudando com o Departamento de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Santa Catarina e com o Centro de Pesquisas do Exército, a colocação de sementes dentro do N1, assim, quando a pessoa jogar o produto usado no lixo, na verdade estará plantando uma árvore – isto porque a urina é rica em nitrogênio, ureia, fósforo, fosfato sendo um adubo natural”.

Possíveis áreas de utilização do Número 1

Em eventos esportivos e shows, por exemplo, ninguém aguenta mais enfrentar as imensas filas e a falta de higiene nos banheiros químicos. Exatamente por isso, que o banheiro de bolso sutentável Número 1 apresenta-se como uma grande tendência de mercado, recebendo forte aceitação do público. A solução já foi testada e aprovada em grandes eventos, como a etapa brasileira do Mundial de Surf Profissional, realizada no inicio de maio de 2018 em Saquarema (RJ), assim como no show dos Rolling Stones no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, além de várias edições do mundial de triatlon IronMan, realizado em Florianópolis (SC). O Número 1 também foi testado pelo Exército brasileiro.

O primeiro protótipo do produto ficou pronto em 2012 e desde então tem evoluído e conquistado novos mercados e usos, tais como: forças armadas, em catástrofes naturais, para pessoas com dificuldade de locomoção, idosos, gestantes, no segmento hospitalar, grandes canteiros de obras, agronegócio, em situações emergenciais, aeronaves de pequeno porte, aviões, nas pequenas embarcações, transporte de carga, transporte de valores, taxistas, camping, travessias e caminhadas, nas cidades com falta de saneamento básico, ambulâncias, cadeirantes, pessoas com incontinência urinária, no carro, nas cidades com racionamento de água, cidades ribeirinhas, vigias, entre outros – são praticamente 100 segmentos de mercado.

 

 

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.