Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Bolsas da Ásia e Europa voltam a cair por temor de recessão

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

 As Bolsas asiáticas voltaram a fechar em forte baixa nesta quarta-feira, enquanto os mercados europeus operavam em retrocesso, em uma atmosfera de nervosismo com a possibilidade de uma recessão mundial.

Após meia hora de operações, o índice Footsie 100 da Bolsa de Londres perdia 1,96%. Em Frankfurt, principal praça da zona euro, o DAX retrocedia 2,87%. O índice CAC 40 de Paris caía 2,71%.

Madri perdia 2,77%, Milão 2% e Zurique 2,39%. Em Moscou, o índice em dólares RTS retrocedia 2,95% e o Micex, em rublos, caía 3,47%.

Na Ásia, as perdas foram consideráveis, com o destaque negativo para Tóquio, que fechou em baixa de 6,79%. O índice Nikkei 225 perdeu 631,56 pontos, a 8.674,69 unidades, na 10ª pior sessão em termos percentuais desde sua criação em 1950.

Os investidores se preocupam com a valorização do iene em relação ao dólar, o que afeta os exportadores japoneses.

A Bolsa de Hong Kong registrou queda de 5,20%. As outras praças seguiram a tendência, com baixas de 5,1% em Seul, 3,20% em Xangai e 3,4% em Sydney.

Cingapura encerrou o dia em baixa de 5,19%.

Nova Zelândia (-1,78%), Taiwan (-1,62%) e Filipinas (-1,1%) acompanharam o ritmo de queda.

Os mercados estão nervosos com o impacto que a crise financeira mundial pode ter nos resultados das empresas e pela possibilidade de que a situação provoque uma recessão econômica mundial.

Das 49 companhias americanas que anunciaram previsões de resultados entre segunda-feira à noite e terça-feira, 45% foram negativos, 30% de acordo com as expectativas, 21% moderados e apenas 3% positivos.

Isto provocou fortes perdas na Bolsa de Nova York terça-feira: o Dow Jones cedeu 2,50% e a Nasdaq 4,14%.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.