Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Bom pagador já tem taxa de juros diferenciada com cadastro positivo

redacao 09/11/2011
redacao 09/11/2011

Na semana em que completa 5 meses, o cadastro positivo vai oferecer juros diferenciados ao bom pagador. A empresa que vai conceder crédito de forma personalizada é a Omni, financeira que aderiu ao cadastro positivo da Serasa Experian. A redução da taxa de juros para bons pagadores da Omni, especializada em financiamento de veículos com dez anos ou mais de uso, pode chegar a 20% e começa a vigorar em 1º de janeiro de 2012.

Instituído por uma lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff e publicada em 10 de junho, o Cadastro Positivo é um banco de dados que registra a pontualidade no pagamento das contas do consumidor – crediários, financiamentos, água, luz, telefone e outras contas, como a escola, por exemplo.

“Cerca de 30 empresas, médias e grandes, já aderiram ao cadastro positivo e estão encaminhando para a Serasa Experian as informações positivas de seus clientes, que autorizaram o envio. A Omni já se estruturou para oferecer juros diferenciados aos bons pagadores, fundamentada no que há de mais avançado no mundo para apuração do risco”, afirma Ricardo Loureiro, presidente da Serasa Experian e Experian América Latina.

“A partir de 1º de janeiro, os proponentes a crédito da Omni Financeira poderão ter redução na taxa de juros se estiverem inscritos no Cadastro Positivo, lista que reúne os consumidores considerados bons pagadores”, afirma Tadeu da Silva, diretor de Negócios da Omni Financeira, que faz cerca de 5 mil novos empréstimos todos os meses.

De acordo com Tadeu da Silva, o abatimento na taxa de juros poderá ser, em média, de 20%. “Tomando como exemplo um financiamento de um veículo do ano 2000, no valor de R$ 10 mil, se o contrato for de 36 meses, ao final do período o abatimento será de R$ 1.152,00”, observa.

O desconto será possível porque, com o Cadastro Positivo, a financeira terá condições de obter dados seguros sobre o histórico de pagamentos assíduos dos proponentes, diminuindo os riscos na cessão de empréstimos. “A maioria da população é de bons pagadores, mas como não temos informações concretas sobre isso, no modelo atual tratamos todos de forma igual”, afirma. “Com o Cadastro Positivo teremos maior segurança na concessão do crédito e os bons pagadores sairão ganhando.”

No momento, a empresa finaliza a fase de testes do cadastro em seus sistemas. “É importante lembrar que, para incluir seu nome na lista de bons pagadores, o cliente tem que autorizar por escrito a instituição financeira”, aponta o executivo da Omni.

“O Cadastro Positivo é a resposta que vários países buscaram e buscam para ter um sistema de informação de crédito adequado à sofisticação atual do ambiente de negócios. Todos os setores econômicos terão grandes benefícios com o Cadastro Positivo, pois risco gerenciado é crédito bem concedido, sinônimo de maior rentabilidade e competitividade para as empresas. As organizações indo bem, o País e a população vão melhor ainda”, afirma Loureiro.

“A Serasa Experian registra por dia cerca de 1200 adesões de consumidores ao cadastro positivo em nosso site e em nossas agências. O que demonstra claramente que as empresas precisam logo traduzir, o desejo da sociedade, em benefícios imediatos”, afirma Ricardo Loureiro.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.