Brasil pede fim do embargo russo a carnes brasileiras

redacao 23/01/2012
redacao 23/01/2012

 A ministra da Agricultura da Rússia, Yelena Skrynnik, disse hoje ao colega brasileiro, Mendes Ribeiro Filho, que deverá vir ao Brasil em junho para participar do Rio + 20. A informação foi divulgada pelo Ministério da Agricultura, após reunião das duas autoridades em Berlim, na Alemanha. No encontro, o Brasil pediu o fim do embargo russo às carnes brasileiras e a Rússia, a abertura do mercado para o trigo.

De acordo com o comunicado enviado pela Pasta, o encontro "tão esperado" ocorreu na tarde de hoje, de "forma amistosa". Mendes, segundo seus assessores, aproveitou a ocasião para pedir a abertura de mercado aos estados produtores que ainda estão com as exportações suspensas: Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso.

"Apesar de termos duas plantas restritas, a região Sul tem uma situação privilegiada em termos de controle sanitário", teria dito o ministro, de acordo com a nota divulgada pelo Ministério da Agricultura. Ele teria informado também que o sistema de defesa sanitária brasileiro é organizado nacionalmente com o uso dos mesmos critérios para todos os Estados. Esse fato, alegou Mendes Filho, torna injustificável a manutenção do embargo apenas a esses Estados. O ministro voltou a enfatizar que a questão sanitária deve ser tratada como um tema de todo o cone Sul e não de forma isolada pelos países.

Mendes Filho salientou também que desde que foi criado o Comitê Agrícola Brasil-Rússia apenas uma reunião foi realizada entre os países e que seria importante marcar um novo encontro ainda este ano. Yelena aceitou participar do Rio + 20. Salientou apenas que precisaria ser reconfirmada no cargo após a eleição presidencial, em março.

A ministra se comprometeu, informou o governo brasileiro, a verificar pessoalmente as restrições impostas à carne brasileira e disse aguardar respostas à lista de inconformidades, que já teriam sido enviadas pelo governo brasileiro ao departamento de defesa russo. No encontro, a ministra pediu apoio à exportação de trigo russo para o Brasil.

"Queremos muito exportar nosso trigo para seu país, mas enfrentamos problemas com as taxas e tarifas do Mercosul", enfatizou. Mendes Filho disse que se empenhará em promover o encontro da ministra com a presidente Dilma Rousseff e na condução da discussão sobre a importação de trigo com os demais países do Mercosul.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.