Brasil terá primeira faculdade em Engenharia de Produção Cervejeira

O curso é mais um passo importante para diferenciar o país no segmento, sendo que é o único fora da Alemanha a oferecer a graduação

Redação 09/11/2017
Redação 09/11/2017

Com crescimento de 17,5% no primeiro semestre, 610 cervejarias artesanais já estão instaladas no Brasil, de acordo com o último levantamento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O mercado está em ascensão e a profissionalização é o que vai diferenciar as marcas. Esta é a aposta da Escola Superior de Cerveja e Malte, primeira instituição de ensino superior especializada em cerveja da América Latina. É ela que terá, a partir de fevereiro de 2018, o primeiro curso de Engenharia de Produção Cervejeira fora da Alemanha.

As aulas acontecem em Blumenau (SC) e o curso tem duração de 10 semestres. O vestibular está com inscrições abertas até 13 de novembro através do site www.cervejaemalte.com.br.

O objetivo das aulas é capacitar o aluno para que ele tenha uma visão global do funcionamento da cervejaria, além de um aprofundado conhecimento sobre a produção. A intenção é que ele possa contribuir com a realização de processos, métodos e ferramentas mais eficientes para as marcas.

De acordo com o diretor da Escola Superior de Cerveja e Malte, Carlo Bressiani, o curso é mais um passo importante para diferenciar o Brasil no segmento. “O momento é de abertura de novos negócios ligados à cerveja e crescimento do interesse do consumidor. A partir de agora – e cada vez mais – se manterão em ascensão aquelas que apostarem em profissionalização.”, comenta.

Sobre a Escola Superior de Cerveja e Malte
Com mais de 4,5 mil alunos formados em três anos de atuação, a Escola Superior de Cerveja é Malte é a primeira e única instituição de ensino superior especializada na bebida da América Latina. É parceira da alemã Doemens Academy, uma das mais respeitas entidades do mundo.

São cerca de 90 cursos diferentes, em mais de 200 turmas já realizadas. Na sede, em Blumenau (SC), além das salas de aula estão disponíveis oito laboratórios voltados para o ensino de cerveja. Parcerias com cervejarias da região garantem visitas técnicas e relacionamento com o mercado durante os cursos.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.