Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Brasileiros devem gastar R$ 370 na compra de Natal pela internet, afirma e-bit

redacao 19/11/2010
redacao 19/11/2010

Os brasileiros acostumados a fazer compras on-line devem gastar, em média, R$ 370 com as compras deste Natal. As estimativas da consultoria e-bit são otimistas quanto à data mais lucrativa para o setor no ano, ao preverem um aumento nominal de 40% em relação a 2009, com faturamento total atingindo R$ 2,2 bilhões.

Os produtos mais procurados neste ano serão os livros, eletrônicos, informática e eletrodomésticos. Para o público feminino, cosméticos e perfumaria receberão a maior parte das vendas.

O diretor de marketing da e-bit, Alexandre Umberti, destaca que, no Natal, as pessoas têm o hábito de presentear familiares e amigos, o que potencializa a decisão de compra. "Além disso, a injeção do 13º salário e os bônus de final de ano estimulam as pessoas a adquirirem mais produtos”, declarou.

Mesmo com o 13º, o tíquete médio para o Natal deste ano ficou abaixo da previsão do Dia das Mães, segunda data mais importante do ano para o comércio, cuja previsão foi de R$ 375.

Antecipação
O executivo lembra que é necessário antecipar as compras em um período aquecido do mercado. “Recomendamos que os e-consumidores planejem suas compras antecipadamente. Dessa forma, não correm o risco de enfrentar uma surpresa desagradável durante a comemoração. Por outro lado, a comodidade de realizar as compras em casa ou no escritório, evitando assim filas em shopping centers e o trânsito característico das grandes cidades, é uma vantagem diferencial para esses clientes”, explica Umberti.

O período de vendas contabilizado pela e-bit para as compras de Natal é entre 15 de novembro e 24 de dezembro.

Mercado
Ao todo, o e-commerce deve faturar R$ 15 bilhões em vendas neste ano, um crescimento de 40% frente aos R$ 10,6 bilhões faturados em 2009.
 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.