Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Calçados da China escapam de sobretaxa no Brasil via Paraguai

redacao 08/11/2011
redacao 08/11/2011

Sapatos produzidos na China estão entrando no Brasil pelo Paraguai, escapando da sobretaxação ao produto asiático imposta pelo governo brasileiro no ano passado.

A constatação da chamada triangulação é feita pelo próprio setor calçadista do país vizinho.

De acordo com o presidente da Câmara da Indústria Calçadista do Paraguai, Carlos Fleitas, em 2010 o país importou cerca de 18 milhões de pares de sapatos chineses (US$ 42 milhões).

Para Fleitas, essa é a maior evidência de que grande quantidade dos calçados asiáticos acabaram atravessando a fronteira.

Nesse processo, os sapatos chineses entram no Brasil livres da tarifa antidumping de US$ 13,85 por par, cobrada desde 2010.

Segundo o MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), 4,8 milhões de pares vieram, oficialmente, do Paraguai ao Brasil no ano passado, 43% a mais que em 2009.

O diretor da Abicalçados (indústria calçadista brasileira), Heitor Klein, alerta para que a triangulação diminui também a arrecadação de impostos.

DUMPING

Em outubro, o MDIC instaurou investigação para avaliar a ampliação do antidumping a outros países, como Vietnã e Indonésia. A Abicalçados chegou a pensar na inclusão do Paraguai no processo, mas o governo pediu para tratar do caso por vias diplomáticas. O MDIC diz que não comenta investigações em andamento.
 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.