Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

CNI aponta para mercado de trabalho aquecido em 2008

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

O mercado de trabalho começou 2008 com o maior volume de contratações na comparação com os meses de janeiro e fevereiro de 2005, segundo mostrou o Informe Conjuntural, divulgado na última segunda-feira (31) pela CNI (Confederação Nacional da Indústria). O dinamismo continuará por todo o ano.

Foram criadas 348 mil vagas em janeiro e fevereiro, fluxo 32% superior ao do mesmo bimestre do ano passado. Além disso, o emprego com carteira assinada do setor privado subiu 8,4% em fevereiro, na comparação com o mesmo mês de 2007, em uma caminhada de 37 altas consecutivas.

Por outro lado, o emprego sem registro está em uma tendência de queda desde dezembro de 2005.

Rendimentos

Não na mesma proporção, mas seguindo a mesma tendência, os rendimentos têm registrado alta. O indicador real mostrou expansão de 2,5% em fevereiro. No mesmo período de 2007, ele apontava ampliação de 5,2%. "Parte do arrefecimento na expansão dos rendimentos reais deve-se à aceleração da inflação em 2007, na comparação com os índices registrados em 2006", aponta o Informe.

Ano bom para o emprego

De acordo com o Informe, o mercado de trabalho continuará sendo fonte de bons resultados no ano de 2008. Mesmo se a população economicamente ativa crescer, dado que salários mais altos indicam atração de mais pessoas ao mercado de trabalho, o Informe acredita numa redução na taxa média de desemprego, que deve chegar a 8,4% em 2008.

A média de rendimentos salariais continuará se expandindo na comparação com o mesmo mês do ano anterior, ao longo de 2008. "Resultado da permanência do alto percentual de reajuste acima da inflação e continuação do forte crescimento do emprego formal".

A conjunção desses fatores caracterizará, de acordo com o estudo, a elevação da massa real de salários, norteando a permanência de expansão da demanda interna.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.