Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Com clima favorável e bons preços, produtores de laranja garantem venda antecipada da safra

redacao 20/04/2011
redacao 20/04/2011

Cerca de 75% da safra de laranja que ainda será colhida já estão negociados, afirmou hoje o presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Citricultura, Marco Antônio dos Santos. O levantamento oficial da produção será anunciado pelo ministro da Agricultura, Wagner Rossi, no dia 2 de maio, em Ribeirão Preto, durante a 18ª Agrishow, uma das maiores feiras do agronegócio brasileiro.

“Graças ao clima e aos bons preços na safra passada, teremos um aumento significativo [da produção]”, afirmou Santos. Na safra 2009/2010, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), foram colhidas 297,5 milhões de caixas de 40,8 quilos no estado de São Paulo, responsável por 90% da produção comercial do país.

O presidente da câmara da citricultura ressaltou que, agora, com a abertura dos dados das indústrias do setor, o próximo levantamento será mais confiável. “É o começo de um novo caminho. Esse número poderá se refletir no mercado internacional”, afirmou. O Brasil é o maior produtor e exportador mundial de laranja.

Santos disse que as vendas em mercados futuros têm cotações muito diferentes para o valor da caixa de laranja, a partir de R$ 6 nos contratos mais antigos, atrelados ao dólar, até R$ 15 para os assinados no ano passado. O preço médio de custo, segundo ele, gira em torno de R$ 10. Uma das preocupações dos produtores é o processo de fusão de indústrias, que diminui a concorrência e facilita a formação de cartéis.

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.