Com reciclagem, Nokia se torna a empresa mais verde, segundo Greenpeace

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

Devido ao programa e reciclagem de lixo eletrônico na Índia, a empresa Nokia ficou em primeiro lugar no 9º Guia de Eletrônicos Verdes, elaborado pela ONG (Organização Não-governamental) Greenpeace, sendo a única a marcar mais de 7 pontos, em um máximo de 10.

Por outro lado, Nintendo e Microsoft continuam com os dois últimos lugares, com 0,8 e 2,2 pontos, respectivamente, devido, principalmente, às baixas pontuações nos critérios de reciclagem e aproveitamento de energia.

Energia
A Samsung ficou com o segundo lugar, com 5,7 pontos, por conta dos critérios de uso de produtos químicos. A Fujitsu Siemens Computers, que estava em 15º na edição de junho do Guia, pulou para o terceiro lugar, com 5,5 pontos. Uma das razões para isso foi o estabelecimento de 2010 como a data limite para eliminar o PVC e todos os retardantes de chamas a base de brominato de sua linha de produtos.

Até agora, nenhuma fabricante conseguiu produzir um computador livre desses materiais, porém, algumas já lançaram produtos com quantidades reduzidas. Na semana passada, a Apple (em 13º lugar, com 4,1 pontos) anunciou uma nova linha de iPods livres de PVC, mercúrio e retardantes de chamas.

"Vemos isso tudo como um passo positivo da Apple rumo ao seu compromisso para eliminar essas substâncias tóxicas de todos os seus produtos até o final de 2008. Estamos desapontados com a obsolescência embutida dos novos iPods – os altos custos de reposição das baterias encorajam a compra de um novo aparelho", afirma a responsável pela campanha de tóxicos do Greenpeace International, Iza Kruszewska.

Mais rigor
Na última edição do guia, feita em junho, foram adotados critérios mais rigorosos para reciclagem e tóxicos, assim como a inclusão do quesito impacto no clima, o que fez com que as pontuações caíssem.

"A maior parte das marcas está respondendo bem aos critérios mais rígidos do Guia Eletrônicos Verdes do Greenpeace em relação a programas de reciclagem e ao uso de substâncias tóxicas nos aparelhos, além do novo critério de energia. Os principais pontuadores no critério de eficiência energética são a Apple, Nokia, Sony Ericsson e Samsung", afirma Kruszewska.

Para o Greenpeace o guia mostra quais empresas são candidatas a se tornar exemplos na produção sustentável.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.