Compra on-line não está entre principais usos que brasileiro faz da internet

redacao 12/09/2011
redacao 12/09/2011

Apesar do forte crescimento que o mercado eletrônico vem apresentando nos últimos anos, o uso da internet para compras on-line não é a principal atividade que os usuários fazem da rede, aponta o grupo GfK, empresa focada em pesquisa de mercado.

Ao analisar os hábitos dos brasileiros, quando o assunto é o uso da internet, o levantamento mostrou que 44% dos entrevistados utilizam o meio principalmente para trocar e-mails com amigos e familiares.

Mulheres e jovens

Outros usos citados como principais foram ler notícias (40%), acessar informações gerais (39%), como sites de busca, e acessar redes sociais (39%). Compras on-line foram citadas por apenas 9% dos entrevistados como sendo o principal uso que fazem da rede.

Usar a internet para tocar e-mails com familiares e amigos é um hábito ainda mais comum entre as mulheres, já que 51% delas citaram essa opção e 38% dos homens dizem fazer o mesmo.

O hábito de ler notícias, por sua vez, é mais comum entre os que têm mais de 56 anos, com um percentual de 59% nesta faixa etária. Entre os mais jovens, com idade dos 18 aos 24 anos, o percentual cai para 31%.

Se os jovens usam menos a internet para ler notícias, em relação aos mais velhos, o mesmo não acontece, quando o assunto são as redes sociais. Cerca de 61% dos entrevistados com 18 a 24 anos afirmaram que o principal uso que fazem da internet é acessar as redes sociais. Dos que têm de 25 a 34 anos, o percentual cai para 47%.

A pesquisa também revelou o tempo que as pessoas gastam com a internet para uso particular. Nesse sentido, 40% dos entrevistados afirmaram que passam de 1 a 2 horas por dia com esse fim. Outros 18% usam a internet menos do que uma hora e 19% não usam a internet o dia todo.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.