Conferência debate inovação como diferencial competitivo

redacao 28/04/2014
redacao 28/04/2014

Evento ocorre dias 28 e 29, em São Paulo, e apresenta casos de sucesso de empresários apoiados pelo Sebrae

Especialistas do Brasil e do exterior se reúnem nos dias 28 e 29 de abril, em São Paulo, na XIV Conferência Anpei de Inovação Tecnológica, que traz o tema Inova-Ação: modelos de negócios competitivos. O objetivo do evento é debater a inovação nas empresas e como os empresários podem elevar essa atividade à condição de fator estratégico para a competitividade e a conquista de novos mercados e clientes. Iniciativa da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei), que tem apoio do Sebrae, o evento será uma oportunidade de aproximar empresas de pequeno porte das cadeias de valor de médias e grandes empresas.

O presidente do Sebrae, Luiz Barretto, e o diretor-técnico Carlos Alberto dos Santos participarão do primeiro dia da Conferência. Para Barretto, que falará no Painel A nova onda de empreendedorismo inovador no Brasil, é preciso estimular os pequenos negócios na área de inovação e prepará-los para competir nesse mercado. “O Sebrae vai investir R$ 1 bilhão em soluções de inovação para as pequenas empresas”, diz.

“Cada vez mais a inovação se dará por modelos de negócios, por abordarem um conjunto mais abrangente de fatores, que vão além de se ter apenas um produto ou processo inovador. O Sebrae está preparado para apoiar o empreendedor nessa nova abordagem de inovação – seja com o Programa Sebraetec, seja com novas metodologias especialmente concebidas para essa finalidade”, complementa Carlos Alberto.

Uma novidade para esta edição 2014 da Conferência Anpei será um aplicativo para tablet e celular, que vai ajudar os empresários a fechar negócios. Por meio da ferramenta, eles poderão apresentar seus produtos e agendar reuniões entre as partes interessadas. Durante o evento, o Sebrae vai promover a palestra com a empresária Bel Pesce, jovem empreendedora da área de tecnologia e informação. Também serão apresentados três casos de sucesso de empresários orientados pela instituição, que se diferenciaram no mercado com soluções de inovação.

Um deles é o da proprietária da empresa Feitiços Aromáticos, Raquel Viana da Silva, que apostou em uma linha de cosméticos aliada à aromaterapia e exoterismo. “Inovar foi a oportunidade que encontramos como garantia de crescimento”, assinala a empresária. Nos últimos três anos, o empreendimento teve ritmo de crescimento, em média, de 30%.

Orientação – Os empreendedores encontram no Sebrae diferentes formas de apoio para desenvolverem seus projetos. O Programa Sebraetec leva soluções de tecnologia e inovação aos pequenos negócios como diferencial competitivo. Atua em temas como, qualidade, produtividade, design, tecnologias da informação e comunicação. A consultoria prevê subsídios de até 90% do investimento da empresa e acompanhamento para assegurar melhores resultados.

Por meio do Programa Agentes Locais de Inovação (ALI), o empreendedor tem o acompanhamento, por até dois anos, de um bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico (CNPq) que, acompanhado por um especialista, elabora um diagnóstico da gestão e da capacidade inovadora da empresa, estimulando os empresários a serem proativos na questão da inovação.

Pequenos negócios com mais de dois anos e acima de nove funcionários podem buscar o Sebrae Mais, programa de capacitação composto por oito soluções e orientação personalizada, que traz resultados rápidos e proporciona vantagem competitiva ao empreendimento. 

Informações Agência Sebrae

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.