Confiança do consumidor diminui 10% em outubro, aponta FGV

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

A confiança do consumidor em relação à situação econômica do País diminuiu 10% entre setembro e outubro, passando de 112,7 pontos para 101,4 pontos. É o que mostra o Índice de Confiança do Consumidor, calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e divulgado nesta quarta-feira (23).

No período, o resultado foi influenciado tanto pela avaliação em relação à situação atual quanto pelas expectativas em relação aos próximos meses, que apresentaram índices menos favoráveis. O Índice da Situação Atual ficou 12,7% menor, passando de 119,3 pontos para 104,2 pontos, e o Índice de Expectativas foi de 109,2 pontos para 99,9 (queda de 8,5%).

Situação das cidades e gastos
A avaliação dos consumidores em relação à situação econômica das cidades onde vivem piorou. A parcela dos que afirmam que ela é boa caiu de 16,9% para 10,1%, e o total de pessoas que a consideram ruim aumentou, de 34,2% em setembro para 48,2% este mês.

A proporção dos que prevêem melhora na situação econômica nos próximos seis meses diminuiu de 31,3% para 23,1%, já a dos que prevêem piora aumentou de 13,1% para 30,6%.

Sobre a pesquisa

A Sondagem de Expectativas do Consumidor leva em consideração os seguintes quesitos: situação econômica do País, da família, do orçamento doméstico, do grau de dificuldade de encontrar trabalho e intenções de compras de bens de alto valor.

O levantamento foi realizado entre os dias 01 e 20 de outubro em mais de dois mil domicílios nas sete principais capitais brasileiras.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.