Confiança do empresariado na economia cai no segundo trimestre do ano

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

A confiança dos empresários na economia brasileira recuou no segundo trimestre do ano para 59 pontos, depois de quatro trimestres de crescimento, segundo revelou hoje (22) a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Dados preliminares da pesquisa sobre o Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) mostram que o recuo foi de três pontos percentuais em comparação a abril deste ano e de 1,3 ponto na comparação com o mesmo período de 2007.

Segundo comunicado da CNI, a confiança dos empresários decorre sobretudo da avaliação das condições atuais da economia brasileira. O Icei varia de zero a 100 pontos e é considerado positivo a partir de 50.

As grandes empresas demonstraram o maior recuo, de 4,1 pontos, ficando em 60,3 pontos. Entre as médias empresas, o índice ficou em 57,8 pontos e as pequenas empresas registraram o menor recuo, de 1,8 ponto, com o Icei em 58,4 pontos.

A pesquisa preliminar abrangeu 936 empresas, das quais 479 pequenas, 293 médias e 164 grandes. Segundo a CNI, o resultado definitivo da pesquisa deve ser divulgado após o recebimento dos questionários respondidos pelos empresários, que estão atrasados devido à greve dos Correios, encerrada nesta semana.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.