Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Congresso no Rio de Janeiro debate empreendedorismo

redacao 20/03/2013
redacao 20/03/2013

Um encontro dedicado a discutir a força do empreendedorismo na geração de lucro dos negócios, por meio do desenvolvimento social e econômico da comunidade e o comprometimento com o meio ambiente. Essa é a questão central do Congresso Global de Empreendedorismo 2013 (Global Entrepreneurship Congress), que começou nesta terça (19) e segue até quinta-feira (21). O evento, com patrocínio do Sebrae, tem entre os organizadores a Kauffman Foundation e a Endeavor Brasil.

O congresso conta com a presença de 143 delegados, entre líderes empresariais, pesquisadores, empreendedores e representantes de governo de países com realidades distintas, como Brasil, Finlândia, China, Rússia e Quênia, que estão no Rio para trocar experiências. Essa discussão global, que começou em 2009, já foi realizada nas cidades de Kansas, nos Estados Unidos; Dubai, nos Emirados Árabes; Xangai, na China; e Liverpool, na Inglaterra.

O presidente do Sebrae, Luiz Barretto, destacou o bom momento econômico no Brasil. Como parte do conjunto de fatores que contribui para o desenvolvimento chamou a atenção para a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, aprovada em dezembro de 2006, que criou um ambiente mais amigável para os empreendimentos de micro e pequeno porte, que representam 99% dos negócios do país, e que foram beneficiados com redução significativa da carga tributária, além da desburocratização, entre outros pontos. Destacou ainda a criação do Microempreendedor Individual (MEI), figura jurídica que beneficia trabalhadores autônomos com faturamento anual de até R$ 60 mil, que já tirou 2,7 milhões de pessoas da informalidade.

“O Sebrae investe fortemente no conhecimento. Ao aprimorar a gestão das empresas e estimular a inovação, contribuímos para sua consolidação e crescimento. A educação empreendedora também é uma importante ferramenta para o surgimento de novos negócios, cada vez mais aprimorados e adequados às novas realidades”, destacou Barretto na cerimônia de abertura, que também teve a presença dos diretores do Sebrae no Rio de Janeiro Evandro Peçanha e Armando Clemente.

As grandes transformações urbanas da capital fluminense nortearam o discurso do diretor-executivo da Rio Negócios, agência de promoção de investimentos, Marcelo Haddad, representante do prefeito Eduardo Paes. “Estamos criando condições para atrair novos empreendimentos com foco no desenvolvimento e inovação”.

Já o presidente do congresso, Jonathan Ortmans, destacou que “o mundo precisa cada vez mais de novos empreendedores que melhorem a vida dos outros. Daí a importância das discussões e troca de experiências para aprimorar metodologias e práticas”. O co-diretor da Endeavor no Brasil, Juliano Seabra, completou: “no Brasil, apoiamos 57 empresas, que geram faturamento de R$ 2,5 bilhões e respondem por cerca de 20 mil postos de trabalho, e ainda temos um enorme potencial de crescimento”.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.