Conheça 10 startups brasileiras que podem se tornar um unicórnio

Lista preparada pela StartSe conta com Nubank, Movile, Contabilizei e outros grandes players do mercado nacional que podem atingir a marca de US$ 1 bilhão

Redação 16/02/2018
Redação 16/02/2018

Recentemente o Brasil ganhou seu primeiro unicórnio: a 99 foi adquirida pela chinesa Didi em uma transação que envolveu quase 1 bilhão de dólares. A startup de mobilidade urbana sempre foi apontada como uma das favoritas para o posto, disputando com nomes como Nubank, Movile e Contabilizei. De olho no futuro, o site StartSe listou outros 10 candidatos a faturarem US$ 1 bilhão, ou seja, disputam o posto de novo unicórnio do Brasil. Assim são chamadas porque parecem lendas: começam pequenas, mas suas inovações impactam o mundo dos negócios e o dia a dia das pessoas. Confira:

Contabilizei
Em um país em que as regras tributárias são tão complexas, a Contabilizei torna a contabilidade algo mais fácil, barato e possível de se fazer online. A empresa, que está promovendo uma disrupção na indústria contábil brasileira ao automatizar processos, rotinas, e garantir a regularidade das empresas, já atraiu grandes nomes do mundo de investimento. Fundada em 2013, a Contabilizei atualmente possui mais de 5.000 clientes em todo o Brasil.

Nubank
O “roxinho” está cada vez mais maduro, crescendo e diversificando após alguns anos como cartão de crédito. A empresa fechou uma captação no final do ano passado (valuation não informado) e trouxe algumas novidades importantes para os clientes durante o ano de 2017, como o programa de fidelidade e a Nuconta. Com valuation estimado em cerca de US$ 800 milhões, provavelmente as próximas captações já lhe vão dar o status de unicórnio.

Movile
A Movile é a empresa por trás de alguns dos maiores aplicativos brasileiros: iFood, Sympla e Play Kids. É uma gigante que começou quase 20 anos atrás, mas que vem ganhando força nos últimos, cada vez mais arreigada na Nova Economia. Com uma ideologia de startup, de testar e falhar rápido, a Movile sempre foi uma das mais cotadas para o posto de 1º unicórnio nacional.

GuiaBolso
Empresa com um propósito dos mais nobres, o GuiaBolso quer melhorar a vida financeira dos brasileiros, fazendo-os entenderem o que estão fazendo de certo e errado. A empresa começa agora medidas de monetização para se tornar cada vez mais madura, como, por exemplo, o Just, sua plataforma de empréstimos. Após receber mais de US$ 125 milhões em investimentos no final de 2017, você pode ter certeza que a empresa trará fortes novidades para o ano de 2018.

PSafe
Um dos nomes brasileiros mais fortes no exterior, a PSafe é uma empresa de segurança no mundo de tecnologia – e também sempre foi uma das candidatas ao posto de 1º unicórnio nacional, tendo sido uma das primeiras a atingir o valuation de R$ 1 bilhão. Ela tem escritório no Vale do Silício e porte mundial, concorrendo principalmente com empresas chinesas.

Resultados Digitais
Marketing digital é uma necessidade das empresas atualmente. Sabendo disso, a Resultados Digitais (RD, para os íntimos) criou a melhor plataforma brasileira para tal. Já recebeu diversos aportes e é uma das principais startups de Florianópolis, em si um dos principais ecossistemas do Brasil. O principal evento de marketing digital no país é o RD Summit, criado por eles mesmos.

VivaReal
A VivaReal é uma das 3 fintechs brasileiras no ranking da KPMG (junto com Nubank e GuiaBolso) e se fundiu recentemente com a Zap, também gigante do setor imobiliário. Ela permitiu as pessoas desenvolverem um novo hábito para comprar, vender e alugar imóveis – facilitando e muito quem está atrás de uma casa para morar. Realizou grandes parcerias e vem forte para 2018.

TruckPad
Chamado de “Uber dos caminhoneiros”, a TruckPad acaba de firmar uma parceria forte – com investimento – com a Mercedes-Benz, um dos nomes mais fortes no segmento de caminhões do mundo. A companhia ajuda quem tem uma carga a encontrar caminhoneiros disponíveis para levá-la.

Quinto Andar
O mercado imobiliário é gigante e a Quinto Andar é uma das maiores, facilitando a vida de quem quer alugar um imóvel, livrando-o de burocracias (que, no Brasil, são enormes). A empresa esteve no Google Launchpad Accelerator em 2017 e tem um time forte, posicionado em um segmento que está começando a pegar fôlego agora.

Loggi
O trânsito das grandes cidades brasileiras é terrível. E por causa dele, existe o Loggi, que liga quem tem itens para enviar com motoboys, para conseguir cortar esse trânsito. O aplicativo já tem um faturamento forte e parceria com empresas que realizam grandes entregas, como restaurantes que fazem delivery.

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.