Consultoria de Cadastro Positivo Serasa Experian: evolução no crédito e na relação com clientes

redacao 20/07/2012
redacao 20/07/2012

Sancionado pela presidente Dilma Rousseff, em junho do ano passado, o decreto que regulamenta o Cadastro Positivo deve ser confirmado em breve. O mercado já compreende os benefícios que a análise dos pagamentos honrados – e não apenas de contas em aberto – proporciona a consumidores e empresas.

É fato comprovado nos países que adotaram a prática que o Cadastro Positivo reduz a inadimplência e aumenta a oferta de crédito. Mas os benefícios proporcionados pelo uso de informações positivas podem ficar restritos se as instituições não aproveitarem todo o potencial de negócios que essa nova modalidade de análise traz. O processo de transição do cadastro negativo para o positivo e o aproveitamento do leque de novas possibilidades requer expertise na utilização destes novos dados de apoio à tomada de decisão. Transformar o Cadastro Positivo em um aliado não depende apenas da adesão dos consumidores e consulta aos dados positivos pelas empresas. Saber utilizar a ferramenta será fundamental para usufruir dos dividendos dessa poderosa infraestrutura de crédito.

A consultoria da Serasa Experian completa as necessidades de informação, expertise e infraestrutura tecnológica, possibilitando que as empresas extraiam o máximo de vantagens das anotações positivas. Com ela será possível avaliar a capacidade de pagamento dos consumidores e definir a melhor maneira de expandir linhas de crédito. O resultado será a baixa nos índices de inadimplência, o aumento da rentabilidade e o crescimento sustentável da carteira, com a atração de bons e fiéis consumidores.

Os benefícios da consultoria Cadastro Positivo Serasa Experian não se limitam às instituições financeiras. Todos os segmentos da economia que enfrentam desafios relacionados a risco de crédito – como varejo, telecomunicações e serviços – devem aproveitar o grande potencial da adoção das melhores práticas da metodologia. Um exemplo é o trabalho que a Serasa Experian pode fazer com incorporadoras de empreendimentos imobiliários. Essas companhias deverão utilizar o Cadastro Positivo para conceder melhor os financiamentos e fazer a correta gestão de suas carteiras, e não apenas para evitar inadimplência. O procedimento garante, por exemplo, o repasse dos empréstimos para os bancos na entrega das chaves.

A experiência em mais de 20 países – que inclui a recente implantação de Cadastro Positivo na França – faz da empresa referência para o tema no Brasil. Sem precedentes no país, a consultoria Serasa Experian Cadastro Positivo aponta toda a potencialidade dos dados positivos e orienta no desenvolvimento de estratégias que otimizam a concessão, a gestão de clientes, os processos de recuperação de crédito e a prevenção de fraudes de roubo de identidade (falsidade ideológica).

Excelência global
Um estudo dos professores John Barron, da Purdue University (EUA), e Michael Staten, da Georgetown University (EUA), mostra que a inadimplência em 50 países que adotaram o Cadastro Positivo chega a ser 43% menor do que naqueles que empregam informações negativas. Outro fenômeno detectado com a disseminação da cultura e prática das informações positivas junto à amostragem é o aumento das taxas de aprovação, que podem pode chegar a até 90%, segundo alguns estudos.

Essa reversão também é passível de acontecer no Brasil. Mas, para garantir o sucesso das operações com uso de dados positivos, com mais oportunidades de alavancar aprovações e ampliar suas ofertas ao mercado, as empresas devem estar aparelhadas e respaldadas por quem acumula horas de voo nessa matéria.

Fabio Wendling é consultor sênior da Serasa Experian.
 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.