Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Copom deve elevar taxa de juros para 12,75% ao ano, prevêem analistas

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

Analistas de mercado esperam aumento de meio ponto percentual da taxa básica de juros, a Selic, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que será realizada amanhã (22) e quarta-feira. A estimativa consta do boletim Focus, publicação semanal do Banco Central, elaborada com projeções de analistas de mercado sobre os principais indicadores da economia.

Atualmente a taxa básica de juros está em 12,25% ao ano e em 2008 já teve dois aumentos de meio ponto percentual. A Selic é referência para outras taxas de juros e é usada pelo Banco Central para ajudar a conter a inflação.

Para o final do ano, a estimativa é que os juros básicos cheguem a 14,25%. Para 2009, os analistas aumentaram a projeção de 13,50% para 13,75%.

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles tem dito que a inflação deverá convergir para o centro da meta de 4,5% no próximo ano. Neste ano, a inflação oficial, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), está em 6,06% nos 12 meses fechados em junho (anualizada), próxima do limite da meta de 6,5%.

Ao definir a meta de inflação, o Conselho Monetário Nacional estabeleceu uma margem de dois pontos percentuais para mais ou para menos do centro da meta. Ou seja, a inflação estará na meta se ficar no intervalo de 2,5% a 6,5%. Mas os analistas de mercado já projetam o IPCA em 6,53% ao final de 2008. Para o próximo o ano, que tem a mesma meta, a expectativa é que a inflação seja de 5%.

No caso de a meta de inflação não ser cumprida, cabe ao  Banco Central comunicar por meio de carta aberta ao ministro da Fazenda o motivo para o descumprimento, as medidas que serão adotadas para assegurar o retorno da inflação aos limites estabelecidos e o prazo para o qual se espera que as providências produzam efeito.

A última vez que houve descumprimento da meta foi em 2003, quando a inflação medida pelo IPCA chegou a 9,3%. Naquele ano, o limite superior da meta era de 6,5%, com centro em 4%.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.