Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Corte firme nos juros era necessário, diz Fecomércio-RJ

redacao 08/03/2012
redacao 08/03/2012

A Federação do Comércio do Rio (Fecomércio–RJ) elogiou a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) de reduzir a taxa básica de juros (Selic). O BC baixou a taxa de 10,5% para 9,75% ao ano, uma redução de 0,75 ponto percentual.

Para o presidente da Fecomércio-RJ, Orlando Diniz, “um dia depois de tomarmos ciência do grau de desaceleração da economia brasileira, não poderíamos receber outra decisão do BC. Se já era um resultado esperado, depois da divulgação do PIB [Produto Interno Bruto] desta terça-feira, o corte firme nos juros tornou-se ainda mais premente. Vivemos hoje um ambiente marcado por inflação em queda, cortes no Orçamento federal, desaquecimento de importantes economias no front internacional, crescimento doméstico acima de seu potencial, investimentos em vias de maturação e diferencial de juros como atrativo ao capital especulativo”.

Segundo Diniz, a redução acelerada dos juros é condição essencial para “ampliarmos nossa capacidade de crescer sem gerar inflação, por meio dos impulsos aos investimentos, do maior fôlego às contas públicas e pela atração de recursos internacionais voltados à economia real”.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.