Designer cria produtos personalizados para ganhar mercado

redacao 27/02/2014
redacao 27/02/2014

Além de oferecer peças exclusivas, microempreendedora individual inova ao fazer pesquisa de satisfação por meio de aplicativo de celular

Antenada com as tendências do mercado, adesigner Thais Fernandes de Araújo identificou uma oportunidade de negócio a partir da necessidade de uma amiga, que precisava comprar um presente criativo. Em 2008, Thaís criou um dos primeiros sites brasileiros especializados em produtos customizados e personalizados, chamado Presentes Especiais. Muito além do pioneirismo de vender artigos pela internet, ela decidiu focar no relacionamento com o cliente para se diferenciar no mercado. 

Um exemplo é a pesquisa de satisfação que a empresa realiza por meio de um aplicativo via celular. Inovações que renderam à empresária de João Pessoa (PB), em menos três anos, vendas para 26 estados brasileiros e três cidades estrangeiras (Miami, Ilha da Madeira e Dubai). Hoje, aos 23 anos, Thaís conquistou a medalha de prata no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, na categoria Microempreendedora Individual.

Ainda na adolescência, antes abrir um dos primeiros e-commerce do país, o primeiro passo de Thais foi aprender um pouco mais com os artesãos da cidade a fabricar produtos diferenciados. Com um plano de negócios ainda informal, ela foi identificando as necessidades do público para que pudesse comercializar peças exclusivas e customizadas, a partir de conteúdos e informações enviados pelos próprios compradores.

Em 2010, Thaís se formalizou como MEI. Com o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), conseguiu fazer parcerias e contar com orientação e capacitação de instituições como o Sebrae. Aos poucos, por meio do site, ela conferiu mais credibilidade ao negócio, oferecendo novas formas de pagamento e automatizando todos os procedimentos da empresa, como registros de pedidos, cadastros, tráfegos e controle de faturamento. Hoje, ela vai além e oferece serviços inovadores aos clientes. Por meio de um QRCode presente na etiqueta do produto, o cliente aciona o celular e é direcionado diretamente para a pesquisa de satisfação.

“Sempre fiz questão de inovar e estar por dentro das novas tendências do mercado. Com o uso dainternet, por meio do notebook e smartphone, pude fazer um atendimento personalizado, usando uma linha telefônica exclusiva e aplicativos para realizar, inclusive, o pós-venda. Além disso, promovo a empresa por meio das redes sociais”, conta.

No processo de manufatura em casa, a microempreendedora conta com ajuda da mãe na montagem das peças brutas que são fabricadas por artesãos locais, o que, segundo ela, agrega valor aos produtos. Em todas as etapas, em especial a da customização e do acabamento final, Thais faz questão de evitar o desperdício de material por meio do reaproveitamento dos resíduos. “Com inovação e planejamento, pretendo, até o final de 2014, montar minha oficina de produção e quintuplicar meu faturamento até 2016”, almeja.

1 Comentário

  • Miriam Oliveira13 de agosto de 2014

    #ficaadica a empresa Liko Licota, cria artes incríveis e de muito bom gosto para rótulos, convites e embalagens personalizados. Com a onda do estilo provençal, o trabalho dessa empresa tem um diferencial. http://www.likolicota.com.br

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.