Em abril, cesta básica fica mais cara em todas as regiões de SP, aponta Fipe

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

O preço da cesta básica vendida na cidade de São Paulo aumentou nas seis regiões pesquisadas em abril, na comparação com o mês anterior, de acordo com os dados do levantamento mensal divulgado nesta terça-feira (6) pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

O preço médio do conjunto de produtos na Capital passou de R$ 226,53 para R$ 228,57 no período em questão, o que representa uma alta de 0,90%. No acumulado dos últimos doze meses, o aumento atinge 13,11%.

Maiores altas
Segundo a Fipe, no quarto mês do ano, a cesta básica teve a maior alta, de 1,84%, na Zona Leste II (São Mateus, Itaquera, Artur Alvim etc.), uma vez que o preço passou de R$ 220,28 em março para R$ 224,33 em abril. Nos últimos doze meses, a alta acumulada é de 14,72%.

Na Zona Leste I (Mooca, Tatuapé, Belém etc.), o preço do conjunto de produtos teve o segundo maior aumento do mês (1,47%), saindo de R$ 224,11 para R$ 227,41. Nos últimos doze meses, a região acumulou um incremento de 12,67%.

Na Zona Sul II (Vila Mariana, Santo Amaro, Liberdade etc.), o custo da cesta também variou 1,28% entre o terceiro e o quarto mês de 2008, de R$ 219,56 para R$ 222,37. De abril de 2007 a abril deste ano, a alta é de 13,53%.

Na Zona Oeste (Lapa, Perdizes, Butantã etc.), o preço da cesta passou de R$ 233,51 para R$ 236,25, um avanço de 1,17%. Nos últimos doze meses, o encarecimento está em 13,01%.

Na Zona Sul I (Capão Redondo, Jardim Ângela, Capela do Socorro etc.), a alta foi de 0,78%, com o preço médio passando de R$ 240,53 para R$ 242,41 no período. Nos últimos doze meses a alta é de 13,76%.

Por fim, na Zona Norte (Tucuruvi, Freguesia do Ó, Bom Retiro etc.), o preço da cesta passou de R$ 226,26 para R$ 226,91, o que representa uma alta de 0,29%. Nos últimos doze meses, há encarecimento de 12,38%.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.