Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Empresa lança serviço pré-pago de cobrança de crédito inédito no Brasil

redacao 25/10/2013
redacao 25/10/2013

A Creditar, criada pelos empreendedores Marcelo Oliveira e Simone Vicentini, acaba de lançar um serviço pré-pago de cobrança de crédito, inédito no Brasil. A estratégia é oferecer ao mercado uma opção para atender empresas e pessoas físicas na cobrança de dívidas contraídas por meio de contratos, duplicatas, notas promissórias, cheques sem fundo e outros meios. Inspirada numa metodologia europeia e adaptada à realidade brasileira, a grande vantagem é que o cliente terá um custo inicial oscilando entre R$ 60 e R$ 150, dependendo do número de títulos contratados. O acesso ao serviço é simples: basta contratar através do site da empresa com pagamento por meio de cartão de crédito.

A ferramenta diferencia-se pelas facilidades e ausência de burocracia. Atualmente, os contratos com as empresas de recuperação de crédito administrativo são remunerados com base na chamada taxa de sucesso, que é calculada sobre o valor da dívida do dono do crédito e contratante do serviço. Dessa forma, a companhia só faturava depois que cobrava o inadimplente e o seu cliente recebia. Por este sistema o índice pago pelo cliente, escalonado, oscila entre 10% e 30%, dependendo do período que envolve a cobrança.

Já o novo serviço da Creditar permite que a empresa receba antes com a cobrança pré-paga, construindo uma solução que proporciona a contratação do serviço com um investimento a preço mais acessível. Para ampliar a tranquilidade e segurança dos contratantes do serviço, a Creditar informa que o pagamento será depositado pelo inadimplente na conta do cliente (o credor da dívida). “Outra inovação da Creditar é que se o retorno do cliente for menor do que o valor investido, o dinheiro aplicado será devolvido, respeitando algumas condições contratuais”, asseguram Marcelo Oliveira e Simone Vicentini.

O novo sistema da Creditar foi desenvolvido de forma que o credor, ao preencher o cadastro, já especifique o valor mínimo que aceita receber da dívida e o número de parcelas a serem pagas pelo inadimplente, caso a alternativa escolhida não seja à vista. Na Europa, o contato com o devedor é feito por meio do envio de quatro cartas impressas, que lembram a existência da dívida em aberto. Isso até a última tentativa de informá-lo, por meio da correspondência impressa, que o credor será orientado a recorrer à cobrança judicial.

No Brasil, entretanto, o inadimplente terá suas chances ampliadas de fazer acordo com o envio de e-mails, ligações telefônicas e, por fim, o envio de SMS pelo novo serviço da Creditar. “Nosso foco é tentar ao máximo as composições extrajudiciais, tentando obter o acordo, sem que haja a necessidade de contratação de advogados pelas partes”, diz Marcelo Oliveira. www.creditar.net.br

1 Comentário

  • Webmaster10 de dezembro de 2013

    Vai ser uma boa opção principalmente para quando a bolha imobiliária rebentar como nos EUA e na Europa e a classe média começar a perder de compra e a não conseguir aguentar as dívidas. :)
    Vamos dar a conhecer lá no portal http://www.topfranquiasbaratas.com/

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.