Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

EUA já barraram 11 cargas de suco do Brasil por fungicida

redacao 03/02/2012
redacao 03/02/2012

 Inspetores dos Estados Unidos já impediram o desembarque de 20 cargas de suco de laranja no país, sendo 11 delas procedentes do Brasil, maior produtor mundial, por conterem traços de um fungicida proibido, disse o governo norte-americano na quinta-feira.

Seis das 11 cargas do Brasil foram impedidas de desembarcar nos EUA na última semana. Outras cinco já haviam sido barradas anteriormente.

Desde que começaram as inspeções à procura de traços do fungicida carbendazim, 86 carregamentos foram examinados, e 46 foram liberados. Os resultados de outros 20 estão pendentes.

"Com base em todos os resultados que vimos até agora, continuamos confiantes de que o suco de laranja nos Estados Unidos pode ser consumido sem preocupações com a segurança devido à possível presença desses resíduos", disse o órgão regulador para alimentação e medicamentos norte-americano (FDA, na sigla em inglês) em um relatório semanal.

O preço do suco de laranja concentrado e congelado no mercado futuro tem oscilado muito por causa de incertezas sobre a possibilidade de que a FDA proíba a importação de suco brasileiro.

O Brasil é o maior exportador mundial do suco concentrado e congelado, e os EUA são os maiores importadores. O suco brasileiro representa um décimo de todo o consumo norte-americano.

Além das 11 cargas brasileiras, foram barradas também nove do Canadá. Os carregamentos liberados incluem um do Brasil, 21 do México e 14 do Canadá.

A FDA disse que não houve mudança nos seus padrões para a presença de resíduos no suco de laranja. A agência proíbe a entrada de carregamentos que contenham pelo menos 10 partes por bilhão de carbendazim.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.