Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Evento apresenta oportunidades de negócio para 2016

redacao 13/02/2014
redacao 13/02/2014

Oportunidades de Negócios para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 é o tema do evento que será realizado em Duque de Caxias, município do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (13). O objetivo é apresentar às micro e pequenas empresas da Baixada Fluminense as oportunidades de negócios geradas pelo evento esportivo, além de inserí-las como potenciais fornecedores de produtos e serviços, permitindo o acesso ao cronograma de compras do Comitê Rio 2016.

Durante o evento, serão apresentados critérios fundamentais, como a adoção de práticas sustentáveis e de inovação tecnológica, para que as empresas de pequeno porte possam fazer parte do processo. Também haverá palestra do técnico René Simões sobre sua experiência como esportista, empresário e líder de equipes.

De acordo com a coordenadora do Sebrae na Baixada Fluminense, Margareth Kelly, a expectativa é sensibilizar cerca de 100 pequenos negócios considerados como estratégicos para o fornecimento de produtos e serviços para os Jogos de 2016, por exemplo, gráficas, marcenarias e empresas do ramo alimentício.

Sebrae no Rio de Janeiro e o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 assinaram em julho de 2013 um acordo de cooperação técnica para o desenvolvimento de micro e pequenas empresas de todo o país. Denominado Sebrae No Pódio, o projeto tem como objetivo qualificar potenciais fornecedores do Rio 2016 para atender às demandas do evento, contribuindo para fomentar de modo sustentável as cadeias produtivas nacionais. Para participar dessa oportunidade, a empresa necessita passar por um processo de diagnóstico, palestras e cursos, que darão a chancela para a sua inclusão no cadastro de potenciais fornecedores dos jogos olímpicos.

A Baixada Fluminense, principalmente os municípios de Duque de Caxias, São João de Meriti, Magé e Guapimirim, concentra aproximadamente 60 mil micro e pequenas empresas. Vale destacar que Caxias (onde fica o escritório do Sebrae) tem o segundo maior Produto Intermo Bruto (PIB) do estado do Rio de Janeiro.

Sua  posição privilegiada – próximo às rodovias Presidente Dutra e Washington Luiz e a Av. Brasil, e a proximidade com o Aeroporto Internacional Tom Jobim -, propicia o escoamento da produção para os maiores centros consumidores do Brasil: São Paulo, Minas Gerais e o Sul do país.

 

Potencial

Na Baixada Fluminense também está localizado o maior parque industrial do Rio de Janeiro: Texaco, Shell, Esso, Ipiranga, White Martins, Sadia e Ciferal, inclusive empresas dos setores químico e petroquímico, estimuladas pela presença da REDUC, segunda maior refinaria do país. Boa parte do crescimento previsto para a Baixada Fluminense nos próximos anos está baseada no aumento dos investimentos da Petrobras e no potencial de desenvolvimento de um polo logístico, a partir da conclusão do Arco Metropolitano que ligará o Porto de Itaguaí ao Comperj. 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.