Expansão do comércio no 1º trimestre é recorde

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

O crescimento de 12% das vendas no comércio varejista do País no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado é o maior na série histórica da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), do IBGE, iniciada no primeiro trimestre de 2001. A segunda maior expansão nesse tipo de comparação foi a do segundo trimestre de 2004, de 11,3%.

O aumento das vendas no comércio ocorre há 18 trimestres consecutivos, desde o quarto trimestre de 2003. O coordenador de serviços e comércio do IBGE, Nilo Lopes de Macedo, afirmou que "há um crescimento contínuo e havia o temor de um aumento de inadimplência, mas isso não está ocorrendo".

Ele disse que em março deste ano o comércio varejista teve a influência positiva da Páscoa, enquanto em 2007 isso foi em abril. De acordo com ele, como abril deste ano não teve a Páscoa, isso pode influenciar negativamente o nível de crescimento em relação a abril do ano passado.

Macedo comentou que o bom desempenho do comércio é causado "pelo crédito farto e o aumento do emprego e da renda". Ele acredita que as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal estão facilitando a manutenção da expansão das vendas varejistas "porque geram muito emprego e renda".

Segundo o especialista do IBGE, a elevação da taxa Selic (juro básico da economia brasileira) ainda não produziu efeitos no comércio, mas o aumento da inflação só aparece nos dados de receita nominal dos alimentos. "O aumento inflacionário não atingiu o comércio como um todo", observou.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.