Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Expansão do rebanho bovino em 2009 reflete recuperação do setor

redacao 24/11/2010
redacao 24/11/2010

O crescimento de 1,5% no rebanho bovino brasileiro em 2009 já era esperado pelo setor. Na avaliação do superintendente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vaccari, depois de uma “intensa crise” de 2005 a 2007, a pecuária brasileira vem dando sinais de recuperação. Naquele período, os pecuaristas enfrentaram perdas em função de fatores climáticos, de câmbio, além de focos de febre aftosa, que fez com que países importadores e mesmo o mercado interno impusessem restrições aos seus produtos, gerando grandes prejuízos.

“Esse resultado já era esperado porque a pecuária vem dando sinais de recuperação diante da crise bastante intensa que vivenciamos nos anos de 2005, 2006 e 2007. A retomada do crescimento da pecuária e das exportações brasileiras contribuíram para que os pecuaristas voltassem a fazer investimentos, principalmente em melhoramento genético e na recuperação da estrutura das propriedades”, afirmou.

Segundo ele, o estado de Mato Grosso se mantém na liderança do rebanho de bovinos no país porque acompanha a tendência nacional de recuperação, com ampliação dos investimentos.

“O resultado disso aparece nas exportações. O estado também é o segundo maior exportador de carne bovina, perdendo apenas para São Paulo”, acrescentou.

De acordo com Vaccari, a queda de 9,9% nas exportações constatada pelo levantamento já foi revertida em 2010. Ele explicou que o resultado reflete as perdas em função da crise financeira internacional, a partir do fim de 2008. Segundo o superintendente da Acrimat, no entanto, levantamentos recentes apontam que as exportações já retomaram os níveis anteriores à crise.

“O ano de 2009 foi mesmo de redução drástica das exportações. Era uma crise de crédito e não de demanda, então os compradores queriam a carne brasileira, mas não tinham como pagar. Já em 2010, os levantamentos que temos apontam que houve retomada dos níveis de exportação, que voltaram ao patamar anterior à crise”, afirmou.

Dados da Associação dos Criadores de Mato Grosso, com base em informações divulgadas pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) revelam que em 2010, o volume exportado da carne bovina já é 8,9% maior que o volume do mesmo período do ano passado. Além disso, enquanto o faturamento da atividade entre janeiro e outubro de 2009 somou US$ 2,45 bilhões, no mesmo período de 2010 o valor já chegou a US$ 3,3 bilhões, o que representa um crescimento de 34,6%.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.