Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Exportações brasileiras de móveis registram crescimento de 8,5% nas vendas

redacao 23/11/2012
redacao 23/11/2012

Os mercados do México, Colômbia, Peru e Angola foram os que apresentaram maior crescimento para as exportações das 52 empresas brasileiras participantes do Projeto Brazilian Furniture no comparativo entre janeiro e outubro de 2011 com igual período deste ano.

Segundo o levantamento realizado pela área de inteligência comercial do Brazilian Furniture, as vendas de móveis para o México apresentaram uma evolução de 53% no período, saltando de US$ 844 mil para US$ 1,3 milhão. Para o mercado colombiano, o crescimento apurado foi de 17%, com um aumento de US$ 6,9 milhões para US$ 8,1 milhões no volume de exportações. Foi registrado, ainda, incremento nas vendas para o Peru, de US$ 11,1 milhões para US$ 12,9 milhões (16%) e para Angola, de US$ 14,6 milhões para US$ 16,7 milhões (15,7%).

“Embora as exportações brasileiras de móveis tenham atingido de janeiro até outubro deste ano US$ 432 milhões, o que representa uma queda de 3% em comparação ao mesmo período do ano anterior, o total das vendas das 52 empresas integrantes do Brazilian Furniture cresceu 8,5% (de US$ 57,5 milhões para US$ 62,3 milhões) quando contabilizados os nove mercados-alvo do projeto: África do Sul, Angola, Chile, Colômbia, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, México, Peru e Rússia”, analisa Adriana Katekawa, responsável pela área de inteligência comercial do Projeto.

O Projeto Brazilian Furniture, que tem por objetivo promover as exportações brasileiras de móveis, é desenvolvido em parceria pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), pelo Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário do Distrito Federal (SINDIMAM) e pela Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel).

Sobre o Projeto Brazilian Furniture – Desenvolvido em parceria pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), pelo Sindicato das Indústrias do Mobiliário do Distrito Federal (SINDIMAM) e pela Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel), o Projeto Brazilian Furniture tem o objetivo de promover as exportações brasileiras e consolidar a imagem de qualidade e credibilidade do móvel fabricado no Brasil. Reunindo atualmente 51 empresas, o Projeto oferece às associadas uma série de benefícios, entre os quais acesso a informações de inteligência comercial, participação em eventos nacionais e internacionais e apoi o na obtenção de financiamento para exportação. O Projeto tem como principais mercados-alvo Estados Unidos, México, Peru, Chile, Emirados Árabes Unidos, Colômbia, África do Sul, Rússia e Angola.

Sobre a Apex-Brasil  

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) tem a missão de desenvolver a competitividade das empresas brasileiras, promovendo a internacionalização dos seus negócios e a atração de investimentos estrangeiros diretos. A Apex-Brasil apoia, atualmente, cerca de 13 mil empresas de 81 setores produtivos da economia brasileira, que exportam para mais de 200 mercados. Em parceria com entidades setoriais, a Agência organiza ações de promoção comercial, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais e visitas de compradores estrangeiros e de formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira. Também produz estudos de inteligên cia comercial e competitiva com o objetivo de orientar as decisões das empresas nacionais sobre o ingresso em mercados internacionais. Além da sede em Brasília, a Apex-Brasil possui Unidades de Atendimento nos estados brasileiros e Centros de Negócios (CNs) estrategicamente localizados na Ásia (Pequim – China), Oriente Médio (Dubai – Emirados Árabes Unidos), América do Norte (Miami – EUA), América Central e Caribe (Havana – Cuba), Europa Ocidental (Bruxelas – Bélgica), Leste Europeu (Moscou – Rússia) e África (Luanda – Angola). Também em Bruxelas, está instalado o Brazilian Business Affairs (BBA), escritório da Apex-Brasil que tem a função de acompanhar as tendências e deliberações da União Europeia que possam afetar as exportações brasileiras. A Agência também coordena os esforços de atraç&at ilde;o de investimentos estrangeiros diretos (IED) para o País, trabalhando na identificação de oportunidades de negócios e na promoção de eventos estratégicos e garantindo apoio ao investidor estrangeiro durante todo o processo no Brasil. O objetivo é atrair capitais produtivos de empresas estrangeiras que possam incorporar inovações tecnológicas e novos modelos de gestão de negócios e adensar cadeias produtivas. A Apex-Brasil preside a Associação Mundial das Agências de Promoção de Investimentos (WAIPA). Para mais informações, visite: www.apexbrasil.com.br

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.