Falências seguem em queda nos primeiros quatro meses de 2008, revela Serasa

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

Nos quatro primeiros meses de 2008, o Indicador Serasa de Falências e Recuperações apontou uma queda de 25,7% no volume de falências requeridas, em todo o país, na comparação com o mesmo período de 2007. De janeiro a abril deste ano, houve 762 pedidos de falência em todo o território nacional, ante 1.026 requerimentos nos quatro primeiros meses de 2007.

As falências decretadas também recuaram, de acordo com o indicador da Serasa, e totalizaram 340 registros nos primeiros quatro meses de 2008, contra 485 eventos no mesmo período do ano anterior. A queda no período foi de 29,9%.

Já as recuperações judiciais requeridas aumentaram 6% na relação do acumulado de janeiro a abril de 2008 com o mesmo período de 2007. Foram 89 pedidos nos primeiros quatro meses deste ano e 84 no acumulado de 2007. As recuperações deferidas, por sua vez, totalizaram 54 eventos no primeiro quadrimestre de 2008, contra 61 no acumulado de janeiro a abril de 2007. A queda foi de 11,5% no período.

Quanto às recuperações judiciais concedidas, houve 3 no acumulado de janeiro a abril de 2008. No mesmo período de 2007, foram registradas 2 concessões, o que significou um aumento de 50%. De acordo com a Serasa, os pedidos de recuperação extrajudicial totalizaram 3 eventos nos primeiros quatro meses de 2008 e nenhum pedido de recuperação extrajudicial foi homologado neste ano. De janeiro a abril de 2007, houve 3 registros de recuperação extrajudicial requerida e 1 homologação.

Em abril deste ano, falências também caíram

Segundo o indicador da Serasa, o volume de falências requeridas em abril de 2008 apresentou uma queda 8,3% na comparação com abril de 2007. No quarto mês deste ano, foram requeridas 244 falências, contra 266 requerimentos em abril do ano passado. As falências decretadas, por sua vez, totalizaram 86 eventos em abril de 2008, o que representou um decréscimo de 38,1% em relação a abril de 2007, mês em que foram decretadas 139 falências.

Houve 25 pedidos de recuperação judicial em abril deste ano. No mesmo mês do ano passado, foram 22 requerimentos. O aumento no período foi de 13,6%. Já as recuperações judiciais deferidas somaram 11 eventos no quarto mês de 2008, ante 14 em abril de 2007, representando um decréscimo de 21,4%.

As recuperações judiciais concedidas fecharam abril deste ano com 2 registros e não houve concessão de recuperação judicial em abril de 2007.

Em relação às recuperações extrajudiciais, foram registrados 2 pedidos em abril de 2008 e nenhum em abril do ano passado. Não houve homologação de pedido de recuperação extrajudicial no quatro mês de 2008 e tampouco em abril de 2007.

Análise

De acordo com os técnicos da Serasa, a redução nos pedidos de falência das empresas deve-se ao crescimento da atividade econômica do país.

Já o aumento nos pedidos de recuperações é fruto do alto custo financeiro (juros) do crédito tomado pelas empresas junto aos fornecedores e bancos. Cabe lembrar que as empresas estão tomando mais empréstimos desde o 2º semestre de 2006, para investir em seus próprios negócios, para repor os estoques e para financiar seus clientes.

A Serasa, uma empresa do grupo Experian, é a maior empresa do Brasil em pesquisas, informações e análises econômico-financeiras para apoiar decisões de crédito e negócios e referência mundial no segmento. Participa ativamente no respaldo às decisões de crédito e de negócios tomadas em todo o Brasil, facilitando aproximadamente 4 milhões de negócios por dia, para mais de 400 mil clientes diretos ou indiretos.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.