Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Faturamento de micro e pequenas empresas paulistas bate recorde

redacao 15/01/2013
redacao 15/01/2013

As micro e pequenas empresas (MPEs) do estado de São Paulo tiveram em novembro o melhor faturamento para o mês desde 2000. Segundo levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP), descontada a inflação, as empresas faturaram R$ 45,1 bilhões, resultando em um crescimento de 4,7% em relação a novembro de 2011. O montante significa um faturamento médio de R$ 28,9 mil por empresa.

O comércio apresentou o melhor desempenho, com expansão de 10,2% no mês, seguido pela indústria que registrou aumento de 5,8%. O setor de serviços teve queda de 3%, porém, esse último resultado foi influenciado pela forte alta da área em novembro de 2011, o que aumentou a base de comparação.

A previsão do Sebrae é que as pequenas e médias empresas fechem 2012 com aumento entre 8% e 8,5% no faturamento. Para 2013, a estimativa é aumento de 7,25% do faturamento anual, levando em conta as medidas do governo de estímulo à economia, como a redução da taxa básica de juros e a desoneração da folha de pagamentos.

A pesquisa de opinião do Sebrae indicou que 52% dos proprietários de MPEs esperam que o faturamento permaneça estável nos próximos seis meses, 30% acreditam em um aumento do fluxo de caixa e 8% avaliam que deverá haver uma piora.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.