Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Feira do setor moveleiro estimula participação de pequens empresas

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

Uma das maiores feiras do setor moveleiro, a FIQ 2008 – Feira Internacional da Qualidade em Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira – que está sendo realizada até sexta, dia 11, no Expoara, em Arapongas/PR, incentivou a presença de pequenas empresas no evento através do estímulo à participação como expositores e como visitantes. As empresas de tecnologia receberam subsídios na aquisição do espaço expositivo e na montagem do estande e os empresários moveleiros de pequenas empresas estão sendo trazidos de várias regiões brasileiras por meio de caravanas, através de parcerias do Expoara com entidades do setor. Ao todo, serão 16 caravanas vindas de oito estados que receberam subsídios para estarem na FIQ em busca de novos investimentos em tecnologia e matéria-prima.

Para o diretor da Seven Máquinas, Wilson de Araújo, empresa sediada na região metropolitana de Curitiba/PR, a feira passou a ser uma vitrine para os produtos da marca e a representar uma grande oportunidade para a comercialização em maior escala, inclusive aumentando o número de clientes em outras regiões do país. Na feira, ele pretende vender 6  máquinas, o que vai representar 100% da sua comercialização mensal. “A nossa meta é vender no evento cerca de R$ 200 mil, além de prospectar negócios futuros que poderá  gerar um incremento nas vendas anuais”. Valdir Grenzel, proprietário da fabricante de máquinas Grenzel, do Rio Grande do Sul,  pretende vender 12 máquinas de pequeno porte, o que equivale a R$ 50mil, um aumento de 400% sobre o faturamento mensal da empresa.

Dez empresários do Mato Grosso, participantes de Arranjos Produtivos Locais (APL) de  Móveis, vieram ao evento com apoio do Expoara e do Sebrae. Segundo o consultor Daniel Rudi Sins, que acompanha o grupo, a participação só foi viável com o subsídio das entidades. “A maioria das empresas do setor é de micros e pequenas e o estímulo à participação deles em eventos de grande porte fortalece as indústrias e aumenta a competitividade”.  O empresário de pequena empresa Ayres dos Santos Neto disse que veio em busca de produtos com qualidade e diferenciados, com custo acessível. “Comprei quatro estruturas para poltrona e faremos o estofamento. Será um teste para adquirir maior quantidade. Além disso, encontrei  matérias-primas nove vezes mais baratas do que temos no mercado mato-grossense. Vim para gastar R$ 10 mil, mas pretendo ampliar este investimento para R$ 200 mil ao mês com os contatos feitos no evento”.

Segundo o gestor do APL de Móveis de Cuiabá, Hamilton Leitão Batista, que também acompanha o grupo, a visita às feiras do setor estimula o empresário a investir em inovação, principalmente na aquisição de máquinas e equipamentos. “O empresário da pequena empresa vem em busca de novos conhecimentos e de mais fornecedores, fechando negócios a médio e longo prazo, o que contribui significativamente para o crescimento do mercado brasileiro”.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.