Wi-Fi ganha espaço como ferramenta estratégica de vendas em pequenos comércios

Os visitantes entram para um banco de dados, que disponibiliza o perfil do cliente, funcionando como uma ferramenta estratégica de vendas

Redação 05/04/2018
Wi-fi nos pequenos comércios
Redação 05/04/2018

Para que uma empresa independente do porte tenha sucesso em suas atividades, é importante partir do princípio que é necessário entender quem são seus clientes e conhecer as suas preferências para que haja mais chances de assertividade.

Os smartphones, tablets e notebooks passaram a ser ferramentas preciosas na corrida pela fidelização. Isso porque, esses aparelhos acompanham a maioria das pessoas quase que 24 horas por dia. É por meio deles, que acessam as redes sociais e tem a vida virtual ativa.

Grande parte dos usuários utiliza-se do Wi-Fi para estar online. Atenta a este mercado, a operadora de telecomunicações Linktel está investindo na oferta do Marketing Digital, que disponibiliza ao pequeno comércio importantes soluções para a coleta de dados, traçando o perfil do cliente que utilizou esse serviço no local.

Funciona assim. Ao acessarem o Wi-Fi, os visitantes de um determinado estabelecimento entram para um banco de dados, que disponibiliza o perfil detalhado do cliente, ou seja, informações que podem ser utilizadas para potencializar as vendas. Sem invadir a privacidade, já que para acessar basta fazer um cadastro simples ou logar via rede social.

Todos ganham. O comércio que passa a ter um banco de dados de seu público e os consumidores que têm acesso a uma conexão de qualidade e segura.

Por meio do Wi-Fi é possível oferecer cupons promocionais para cadastros feitos pela primeira vez. Assim, além de aumentar a base de dados, é possível cultivar o relacionamento. Outro ponto interessante é que com os check-ins no Facebook, a fanpage do comércio é movimentada na rede social.

Com o sistema, é possível ainda captar e armazenar dados, que possibilitam o monitoramento da frequência e o ticket médio de cada cliente, descobrindo informações como o gosto e o que costuma comprar.

O sucesso da oferta do Wi-Fi não está somente ligado a praticidade e a comodidade oferecidas ao cliente quando se disponibiliza no local o serviço público. O estabelecimento dobra as chances de o cliente permanecer por mais tempo no local e consumir mais.

Outro ponto importante é a prática do know your costumer, que é conheça o seu cliente. “À medida que o comércio tem conhecimento da curva de comportamento de forma individual, tempo de permanência, classe social e recorrência que o cliente volta na loja, por exemplo, é possível enriquecer o big data (sistema de dados) e também criar produtos e alternativas de vendas com maior valor agregado e melhor satisfação do cliente”, explica Jonas Trunk, presidente da Linktel.

No momento do acesso ao Wi-Fi, também há a possibilidade de serem exibidas campanhas de publicidade, patrocínios, ofertas e até pesquisas, o que pode gerar participação no budget de veiculação para o cliente Linktel, quando o anunciante explora a base de clientes de um determinado estabelecimento.

A Linktel propõe ao mercado uma atuação verticalizada, que vai desde a montagem da rede, sua operação, manutenção e aluguel, até a exploração de serviços adicionais, como big data e mídia digital.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.