Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Fundador da CVC investe agora no turismo de alto luxo

redacao 24/11/2010
redacao 24/11/2010

Guilherme Paulus, fundador da maior operadora turística do Brasil, a CVC, parte agora para um público bem diferente do acostumado a comprar pacotes e embarcar no turismo de massa. Dentro de algumas semanas, ele abre oficialmente no Rio Grande do Sul as portas do Saint Andrews e entra de vez no conceito de hotelaria ?exclusive house?. Será o primeiro de uma série de empreendimentos do gênero que Paulus quer ter no País. Ele já está fazendo sondagens em cidades como São Paulo e Rio.

O empresário investiu R$ 10 milhões no empreendimento, localizado em Gramado, na Serra Gaúcha. O aporte foi feito por meio da GJP Hotéis & Resorts, presidida por Paulus – e que não tem relação direta com a CVC. São apenas 11 apartamentos, com capacidade para hospedar 22 pessoas.

Os hóspedes terão uma série de mordomias e um serviço totalmente personalizado. Para dar conta da demanda, cada suíte terá direito a dois funcionários exclusivos. Além disso, estarão à disposição dos hóspedes um par de mordomos e um de motoristas. Todos os funcionários são pelo menos bilíngues. Alguns são trilíngues e outros falam mais idiomas. As diárias vão variar de R$ 1,2 mil a R$ 4 mil.

Para o fundador da CVC, que vendeu o controle da empresa este ano, o mercado de alto luxo já é uma realidade no País. ?Nos últimos anos temos visto grupos estrangeiros de carros, de moda e mesmo da hotelaria se interessando pelo mercado brasileiro. É normal que as pessoas sonhem com luxo e riqueza?, observa. Paulus comprou a propriedade de um casal gaúcho dono de um curtume. O terreno tem 10 mil metros quadrados e a arquitetura é inspirada em antigos castelos escoceses e ingleses. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.