Empresa de refeições coletivas oferece cozinha acadêmica para jovens de baixa renda

Parceria da LC Restaurantes com a ONG Orpas tornou possível aulas práticas de gastronomia/culinária para jovens da periferia de São Paulo

Redação 11/06/2018
Redação 11/06/2018

A LC Restaurantes, empresa de refeições coletivas, acaba de inaugurar a cozinha acadêmica para o projeto Gastronomia Periférica, pertencente a ONG Orpas (Obras Recreativas Profissionais Artísticas e Sociais) que, desde 2012, tem levado centenas de crianças da periferia de São Paulo a encontrar um novo caminho na sociedade, longe da marginalidade. De acordo com o idealizador da iniciativa, o Chef Edson Leite, com a cozinha pronta, os alunos terão aulas de gastronomia/culinária, proporcionando mais uma atividade que contribua para o futuro destes jovens.

O espaço será essencial para aulas práticas com jovens, crianças e até mesmo para um público da terceira idade da comunidade, que tem demonstrado interesse no curso. Apesar da parceria, o Chef acrescenta que as doações ainda são essenciais e muito bem-vindas para custeio da manutenção do local, como compra de insumos, produtos de limpeza e salários de profissionais. “Temos apenas uma turma, mas a ideia é ter três em períodos diferentes. Hoje, eu não consigo atender essa demanda. Precisaria de mais Chefs me ajudando”, completa.

Edson Leite atuou em uma das unidades da LC Restaurantes durante três anos e criou um grande vínculo com a empresa, principalmente por conta da missão ideológica da marca. “Conheço a política da LC, e sei o quanto ela acredita não só no profissional como um número, mas no desenvolvimento dele quanto pessoa. Por isso, foi importantíssima essa parceria, e também para mostrar o quanto uma empresa pode, sim, apoiar iniciativas como esta”, acrescenta.

Para a diretora comercial da LC Restaurantes, Dâmaris de Luca, é uma honra participar de um projeto como o Gastronomia Periférica. “É uma iniciativa inovadora e importante para a sociedade. Para nós, não basta oferecer uma boa refeição. Nossa meta é formar profissionais, com caráter, conhecimento e habilidades para nos ajudar no desafio diário de proporcionar uma alimentação nutritiva, saborosa e saudável a milhares de pessoas. E é isso que buscamos nessa parceria: formar pessoas, caráter, acreditar na periferia e nos seus habitantes”.

Alguns nomes importantes da gastronomia, como Erick Jacquin e Bel Coelho, deram seu apoio ao projeto com vídeos pedindo doações da sociedade e parcerias de outras empresas. Gastronomia Periférica tem como objetivo provocar transformações através da gastronomia.

Gastronomia Periférica

Depois de trabalhar em badalados restaurantes em Portugal e São Paulo, Edson Leite criou o Gastronomia Periférica para ensinar a comunidade o poder de transformação que o alimento tem e o consumo consciente. Ensinando a cozinhar, liderando uma escola, descomplicando processos e aproveitando totalmente os alimentos; o projeto partiu da ideia inicial de vídeos para aplicativos e até mesmo aula para jovens de baixa renda.

O Gastronomia Periférica mantém suas raízes bem fincadas na periferia, mas espalhando sua mensagem pelo Brasil todo. Além de Leite, participam do projeto Adélia Rodrigues (Coordenação e Comunicação), Daniel Faria e Janaina Dias (Administração).

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.