Última edição Edição 262 January 2017 Assine

GM do Brasil recebe licença ambiental para instalar nova fábrica de motores em Joinville, SC

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

O governo do Estado de Santa Catarina concedeu, por meio da FATMA – Fundação do Meio Ambiente -, a licença ambiental à General Motors do Brasil, que permite à empresa a instalação de sua nova fábrica de motores e componentes automotivos, em um terreno no município de Joinville (SC). Com isso, a partir de agora, já é possível o início das obras civis de construção da unidade catarinense da GM.

A entrega formal da licença ambiental ocorreu nesta quarta-feira (13/08/2008), em solenidade realizada em Joinville, na Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado de Santa Catarina, que contou com as presenças do governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, do prefeito de Joinville, Marco Antônio Tebaldi, e do presidente da FATMA, Carlos Kreuz. Pela GM do Brasil estiveram presentes José Carlos Pinheiro Neto, vice-presidente da empresa e Luiz Moan, diretor de Assuntos Institucionais.

Pelo cronograma da empresa, a próxima etapa de implantação da fábrica prevê o trabalho de terraplenagem, que começará ainda durante este mês de agosto. Na seqüência, começam as obras específicas de construção da unidade no próximo mês de outubro.

"A decisão de implantar uma nova fábrica de motores no Brasil é fundamental para flexibilizar e ampliar a capacidade produtiva de veículos em toda a Região do Mercosul", destaca José Carlos Pinheiro Neto.

Bastante moderna, a nova unidade industrial absorverá investimentos de aproximadamente R$ 350 milhões e começará a produzir a partir do quarto trimestre de 2009, portanto, dentro de cerca 17 meses. Ela possibilitará a contratação de cerca de 500 trabalhadores diretos e indiretos dentro do Complexo Industrial, além da geração estimada de outros 1.300 empregos indiretos.

A nova fábrica, segundo Pinheiro Neto, insere-se "na estratégia da empresa de buscar uma localização bastante privilegiada". Ele acrescenta que a cidade de Joinville oferece uma excelente infra-estrutura e uma mão-de-obra bastante qualificada. Quanto à capacidade instalada da nova fábrica, ela produzirá 120 mil motores e 50 mil cabeçotes por ano e, quando estiver em atividade, funcionará em três turnos de trabalho.

@@@

José Carlos Pinheiro Neto destacou ainda que, desde o início da prospecção para definir a localização da nova fábrica de motores, "tivemos a melhor receptividade possível tanto do governo estadual de Santa Catarina, quanto das autoridades dos municípios catarinenses. Sentimos essa disposição bastante favorável também da própria comunidade catarinense".

A nova fábrica

A nova unidade da GM ocupará uma área total de 500 mil metros quadrados e a fábrica propriamente dita e suas facilidades auxiliares totalizarão uma área de 73 mil metros quadrados. A exemplo das demais unidades da empresa no Brasil, a nova fábrica também está totalmente em linha com a política mundial de preservação ao meio ambiente. No novo espaço, para se ter idéia, uma área de 220 mil metros quadrados de área verde será totalmente preservada.

Luiz Moan, diretor de Assuntos Institucionais da GM, que coordenou nos últimos meses todo o processo de definição da localização da nova fábrica de motores, destaca que Santa Catarina oferece inúmeros aspectos positivos, a exemplo da existência de cinco portos no Estado.

Segundo ele a cidade de Joinville apresenta como importante fator de competitividade, o fato de sediar um consolidado pólo metal-mecânico. Moan revelou ainda que a produção originada da fábrica de Joinville se destinará inicialmente para o Complexo Industrial Automotivo da GM em Gravataí (RS) e também para o Complexo Industrial Automotivo de Rosario, na Argentina.

GM inicia contratações

O efetivo de mão-de-obra da unidade da GM em Joinville começa a ser formado já neste mês de agosto de 2008, com a contratação dos três primeiros funcionários. Serão admitidos dois engenheiros e um técnico em segurança no trabalho, que supervisionarão, pela GM, as obras civis a serem feitas pelas empreiteiras contratadas.

@@@

A segunda etapa de admissões ocorrerá em dezembro de 2008, com o início do processo de recrutamento e seleção dos funcionários das áreas administrativa, manutenção e controle de qualidade.

Finalmente, a terceira etapa ocorrerá em maio de 2009, igualmente com o processo de recrutamento e seleção dos funcionários para a área produtiva da fábrica da GM.

A GM já aceita a inclusão de currículos por meio do site www.chevrolet.com.br, onde há um link específico para os candidatos às vagas da futura fábrica de Joinville. O acesso é feito na área ‘Trabalhe Conosco’, localizada na parte superior do homepage do site.

Após o preenchimento de todos os dados solicitados, há a opção de escolha da unidade, incluindo a de Joinville. Esta nova opção foi criada há mais de um mês e, até agora, mais de 1.200 pessoas já inscreveram seus currículos para participarem do processo seletivo.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.