Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Governo prepara medidas para incentivar turismo interno

redacao 20/03/2013
redacao 20/03/2013

O governo deve anunciar até o final de abril  conjunto de medidas para incentivar o turismo doméstico, principalmente nos períodos de baixa temporada, informou o ministro do Turismo, Gastão Vieira, durante o 11º Fórum Panrotas- Tendências do Turismo 2013. A exemplo do Programa Viaja Mais Melhor Idade – focado aos idosos -, a intenção é incentivar o brasileiro a viajar pelo país nos períodos de baixa temporada (com menos procura), quandos os preços são baixos. Com isso, movimentar o setor – hotéis, voos, passeios e compras. Está prevista a criação de linhas de crédito especiais para três tipos de consumidores: os idosos, jovens e trabalhadores.

De acordo com o ministro, o governo tem conversado com empresários do setor, como agências de turismo e representantes de instituições financeiras dos setores privado e público. No caso do financiamento de viagens aos trabalhadores, os recursos serão procedentes do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Na avaliação de Gastão Vieira, existe mercado em potencial a ser explorado com a migração de classes que reforçou a capacidade de consumo no país. Além disso, “nossa população está envelhecendo e com tempo disponível para viajar”.

Perguntado sobre como será o enfoque para os jovens, que estudam durante a baixa temporada, o ministro respondeu que a questão ainda está sendo analisada. Mas, conforme Vieira, as ofertas para este público deverão ocorrer em época de férias escolares. Uma das ideias é disseminar as opções de ecoturismo ou turismo de aventura.

O setor, porém, não está só de olho no público brasileiro. Os empresários esperam a vinda de mais visitantes estrangeiros durante a Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016.

Segundo o ministro, estão ocorrendo negociações bilaterais com os parceiros do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Entre as negociações estão possibilidades de melhorar as rotas das companhias aéreas. Experiências do gênero foram debatidas hoje (19) com o ministro do Turismo da África do Sul, Marthinus van Schalkwyk, que participou do fórum. A estimativa é que o turismo brasileiro cresça 5% este ano.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.